WFP2 

A crise económica mundial está a arrastar cada vez mais pessoas para a pobreza, o que torna urgente a realização de iniciativas como a Marcha Mundial Contra a Fome, uma manifestação global destinada a angariar fundos para as acções do Programa Alimentar Mundial (WFP) das Nações Unidas, que terá lugar no próximo dia 7 de Junho.

Milhares de pessoas vão juntar-se a representantes governamentais, celebridades e público em geral para uma marcha contra a fome infantil que decorre durante 24 horas, em todos os fusos horários.

Em Portugal, a Marcha terá lugar em Lisboa (Torre de Belém) e Porto (Cais de Gaia), a partir das 10 horas, podendo as inscrições ser feitas até ao próprio dia. Além de Portugal, participam nesta iniciativa cerca de 80 países dos cinco continentes.

Marchar para alimentar os mais carenciados

Numa altura em que as famílias se debatem com sérias dificuldades de sobrevivência, tendo de fazer difíceis escolhas, como seja cortar refeições, comer alimentos menos nutritivos ou tirar os filhos da escola, as refeições escolares do WFP apresentam-se como uma verdadeira rede de segurança para as famílias mais carenciadas.

Neste sentido, é de destacar que, com apenas 5 euros (valor da inscrição), os participantes na Marcha Mundial Contra a Fome asseguram 25 refeições a crianças dos países mais pobres do mundo, contribuindo para o objectivo da Campanha do Milénio das Nações Unidas, ou seja, erradicar a fome e a pobreza extrema no mundo até 2015.

A demonstrar a importância deste tipo de iniciativas estão os resultados obtidos em 2008, quando se angariou um total de 1 milhão de dólares, que serviu para alimentar e educar 20 mil crianças durante um ano. Em Portugal, a Marcha contou em 2008 com 10 mil participantes, totalizando cerca de 100 mil euros, valor que permite alimentar e educar 3.700 crianças durante um ano.

Através desta e outras acções, o WFP – a organização mundial que está na linha da frente no que respeita ao combate à fome – prevê em 2009 alimentar cerca de 100 milhões de pessoas em todo o mundo.