Homem de nacionalidade russa estava a limpar uma máquina industrial, quando uma estrutura se soltou e lhe provocou a morte.

Alexander Domonoshchin tinha 47 anos e era emigrante há 10 anos em Portugal. Deixou a Rússia para melhorar as condições de vida e há cerca de duas semanas havia regressado à empresa onde tinha sido funcionário durante cinco anos, antes de se mudar para outro emprego. Cinco dias depois de voltar ao armazém da Degaia, na Trofa, uma empresa sedeada no Porto que se dedica à exportação de máquinas industriais para o sector têxtil, o homem russo acabou por perder a vida no local de trabalho.

acidente-trabalho-lantemil

Tudo aconteceu cerca das 9.53 horas de sexta-feira, nas instalações da Degaia, na Rua do Progresso, em Lantemil, freguesia de Santiago de Bougado, quando o homem se encontrava, alegadamente, a fazer trabalhos de manutenção numa máquina industrial.

Segundo o NT conseguiu apurar, a máquina terá deixado cair um tabuleiro, que atingiu a vítima, esmagando-lhe o tórax. “À chegada, a primeira equipa de socorristas dos Bombeiros da Trofa encontrou uma vítima debaixo de uma estrutura, em paragem cardio-respiratória. De imediato iniciaram os trabalhos de suporte básico, tendo depois solicitado ajuda diferenciada de suporte avançado de vida, com a intervenção da Viatura Médica sedeada em Vila Nova de Famalicão”, adiantou ao NT João Goulart, comandante dos Bombeiros Voluntários da Trofa.

As tentativas para salvar o homem, levadas a cabo pelos Bombeiros Voluntários da Trofa, foram infrutíferas e à chegada da equipa médica do INEM o homem já se encontrava sem vida, de acordo com fonte do Gabinete de Comunicação do Instituto.

O corpo foi removido pelos Bombeiros Voluntários da Trofa para o Instituto de Medicina Legal de Guimarães para ser autopsiado. No local esteve ainda a Guarda Nacional Republicana, que informou a Autoridade para as Condições do Trabalho do acidente para averiguar em que circunstâncias se deu a morte do trabalhador, que residia com a esposa em Custóias, concelho de Matosinhos.