As condições atmosféricas condiziam com a adrenalina que os betetistas procuram em provas como a Rota da Arte Sacra, que se realizou no dia 10 de junho.
A chuva que caiu durante quase toda a manhã tornou mais desafiantes os trilhos percorridos por mais de 300 participantes, que se distribuíram por duas provas, uma de 20 quilómetros e outra de 40. Na distância mais longa, venceram Sérgio Ribeiro e Isabel Caetano, enquanto na de 20 quilómetros os mais rápidos no escalão masculino e feminino foram, respetivamente, Armando Barbosa e Célia Costa.

Leia a reportagem na íntegra na edição n.º 672 do jornal O Notícias da Trofa, já nas bancas.