Na cerimónia de tomada de posse, que decorreu na noite de sexta-feira, 18 de outubro, o primeiro presidente da União de Freguesias de Bougado, eleito pela coligação Unidos pela Trofa, prometeu “cortes acentuados”.

No momento da tomada de posse como presidente da União de Freguesias de Bougado (S. Martinho e Santiago), Luís Paulo deixou o aviso: naquela autarquia “vai deixar de haver determinadas mordomias”. “Ninguém compreenderia que, com a proposta de orçamento de estado para 2014, com um corte previsto aos funcionários públicos e reformados entre três e 12 por cento, que este executivo não desse um sinal claro de redução drástica nos custos de funcionamento”, afirmou o autarca que acredita que “estas poupanças permitirão um encaixe financeiro assinalável”. Luís Paulo comprometeu-se a “tornar públicos todos esses ganhos em assembleia de freguesia” e pediu aos funcionários “espírito de serviço, sacrifício e empenho”.

Leia a reportagem completa na edição nº 444 do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.