quant
Fique ligado

Edição 454

Lotação esgotada no musical “Rei Leão”

Publicado

em

 

Cerca de 600 pessoas encheram o auditório em duas sessões do musical da ACRESCI, na sede da Junta de Freguesia de Bougado.

Lotação esgotada. Foi assim que estiveram as duas sessões do musical que a Associação Cultural Recreativa e Social de Cidai (ACRECI) levou ao palco do auditório da Junta de Freguesia de Bougado, no domingo, 29 de dezembro. Simba, Timon, Pumba e muitas outras personagens do filme “Rei Leão”, interpretadas por amadores recrutados pela associação, enfeitaram o imaginário de cerca de 600 miúdos e graúdos que assistiram a um espetáculo de som e luz, com muitas gargalhadas à mistura.

A iniciativa foi impulsionada pela Junta de Freguesia, que convidou a associação a repetir o musical, que foi estreado há um ano. “Queremos incentivar os jovens a ocuparem-se da cultura e a valorizarem-se, fazendo espetáculos com esta qualidade”, afirmou o presidente Luís Paulo.

Segundo José Carlos Costa, presidente da ACRESCI, com estas atuações o musical foi para o palco quatro vezes este ano, e uma delas teve um público muito especial. “Atuamos para cerca de 500 meninos, no auditório da Escola de Enfermagem, no Hospital de S. João do Porto. Para nós foi um prémio e encheu-nos o ego ver a alegria daquelas crianças”, sublinhou.

No entanto, atuar “em casa” também “é muito gratificante”, atestou José Carlos Costa, que agradeceu à Junta de Freguesia “pelo convite”, que confirmou o sucesso deste projeto. “A maior dificuldade é responder à expectativa das pessoas, porque este grupo está sempre disponível para qualquer coisa”, frisou, abrindo a porta para um novo desafio: “Está em cima da mesa a realização de outro musical, estamos a elevar a fasquia, mas temos que considerar a hipótese”.

O grupo de teatro que compõe este musical é composto por “cerca de 70 pessoas”. 

Publicidade
Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 454

EN14 e EN104 com trânsito condicionado a partir de 8 de janeiro

Publicado

em

Por

 

Devido às obras de requalificação urbana dos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, as estradas nacionais 14 e 104 vão sofrer “um condicionamento de trânsito, pelo período de três meses”, a partir do dia 8 de janeiro.

Este condicionamento deve-se às obras que vão decorrer na EN14, (troço – Rua D. Pedro V) e na EN104, (troço – Rua Abade Inácio Pimentel), complementares à empreitada de requalificação e regeneração dos Parques e zona envolvente.

De acordo com o comunicado enviado pela autarquia, o trânsito na Rua D. Pedro V ficará reduzido a duas faixas, uma em cada sentido (Norte e Sul). Os transportes públicos no sentido poente/nascente serão desviados pela Rua Camilo Castelo Branco e Rua Costa Ferreira (estes dois arruamentos alteram o seu sentido de trânsito), retomando a EN 104 no Largo de S. Martinho. Já no sentido nascente/poente, passarão a fazer o percurso pela Rua Dr. Lima Carneiro, Rua do Abade Joaquim José Pedrosa e Rua D. João VI e retomam a EN 14.

Na EN 104, o troço da Rua Abade Inácio Pimentel ficará totalmente cortado ao trânsito.

Todas estas alterações, bem como os percursos alternativos aconselhados, estarão devidamente assinalados no local.  

Continuar a ler...

Edição 454

Orçamento para 2014 aprovado na Assembleia Municipal

Publicado

em

Por

Os membros eleitos pelo PSD e CDS/PP votaram favoravelmente o Orçamento para 2014, no valor de 47,8 milhões de euros, assim como o Plano Plurianual de Investimentos e o Plano de Atividades Municipais.

Na sessão ordinária da Assembleia Municipal, que se realizou na noite de segunda-feira, 30 de dezembro, a presidente Isabel Cruz anunciou que Assis Serra Neves, eleito pelo PS, tinha renunciado ao mandato por “motivo pessoal” e sendo substituído por Rui Pinto. Seguiu-se a aprovação com 14 votos favoráveis do PSD e CDS/PP, as abstenções dos eleitos pelo PS e de Carlos Martins, presidente da Junta de Freguesia do Muro, e do voto contra de Paulo Queirós, eleito pela Coligação Democrática Unitária (CDU), do Plano Plurianual de Investimentos, Plano de Atividades Municipais e o Orçamento para o ano de 2014, no valor de 47,8 milhões de euros.

Leia a reportagem completa na edição nº 454 do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também