LIAM de Guidões está a desenvolver campanha de recolha de roupas e de medicamentos dentro do prazo de validade para ajudar o CEPAC.

Quem não tem peças de roupa praticamente novas que não usa esquecidas no fundo de armários e gavetas? E quantas pessoas não têm medicamentos que não vão voltar a usar em caixas quase cheias e dentro do prazo de validade? Pois bem, o núcleo da LIAM (Liga Intensificadora de Acção Missionária) de Guidões lançou uma campanha de recolha destes bens com o objectivo de ajudar o CEPAC (Centro Padre Alves Correia). O grupo aceita roupas que ainda possam ser utilizadas e, também, medicamentos dentro do prazo de validade. Para isso, basta deixar os bens na Junta de Freguesia, na Igreja Paroquial ou na casa dos elementos do núcleo. Quem não tiver essa possibilidade, pode contactar o grupo através do telemóvel 965 771 283 e um dos elementos fará a recolha.

O CEPAC é uma Instituição Particular de Solidariedade Social do foro canónico e civil, com sede em Lisboa. Nasceu da iniciativa dos Missionários do Espírito Santo, em 1992. De acordo com o site do centro, “no início, o apoio era dirigido aos imigrantes africanos, provindos dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP)”. No entanto, hoje a sua intervenção é “dirigida a todos os imigrantes” que procuram os serviços do CEPAC.

Um dos membros do núcleo explica que esta é uma forma de “ajudar a ajudar aqueles que mais precisam e que procuram Portugal para tentar melhorar a sua vida e a das suas famílias”.