Quarenta e oito horas depois de terem sido colocados, cerca de “90 pés de flores” desapareceram do novo elemento decorativo colocado pela Junta de Freguesia do Coronado na entrada de S. Romão.

O comboio colorido, feito de barris, foi embelezado pelas plantas que acabaram furtadas na noite de Natal. “Lamentamos que, numa época onde muito se apela à solidariedade, ao amor, à união e ao respeito, há quem pratique este tipo de atos e ‘destrua’ o que vamos construindo”, referiu o autarca local, José Ferreira.

Dois mil e vinte foi, aliás, um ano marcado por diversos episódios do género. “Desde a vandalização de equipamentos na Quinta de S. Romão aos vários assaltos no edifício da Junta e ao seu armazém. Estes ‘ataques’ têm sido contínuos e quem os pratica tenta prejudicar ao máximo o nosso trabalho mas, esquece-se que, no fundo, quem sai mais prejudicado são todos os romanenses e mamedenses”, sublinhou.