Tulipa, treinador do Trofense.

tulipaleixoes-trofense«O jogo foi muitíssimo bem disputado. O Leixões foi mais feliz. Em certas fases do jogo esteve por cima, mas as melhores oportunidades foram do Trofense. Tivemos três grandes lances para marcar. Numa delas o Beto brilhou e em duas falhámos. Nem sempre se ganha quando se joga bem. A minha equipa teve uma boa prestação e se calhar merecia algo mais. Saímos tristes porque esperávamos pontuar.»

Sobre os novos jogadores:
«O Charles Chad está a sentir mais dificuldades pois nunca trabalhou comigo. O Dagil e o Varela já me conheciam e estão, acima de tudo, a conhecer os colegas e esta competição que é nova para eles.»

 {mp3remote}http://mp3.rtp.pt/mp3/wavrss/desp/futebol/38022_27265.mp3{/mp3remote}

jose-motaJosé Mota, treinador do Leixões, .

«Foi um grande jogo. O Trofense foi muito digno e mais ofensivo do que eu previa. Teve boas oportunidades mas, de qualquer forma, fomos melhores. Fizemos dois golos, o segundo dos quais um hino ao futebol, e tivemos mais alguns bons lances. Tive de alterar um pouco as minhas ideias, pois o Trofense entrou com um losango no meio-campo e criou-nos dificuldades. Mas a partir do momento em que recuei o Braga tomámos conta das operações.»

Sobre a actuação de Beto:
«Temos o melhor guarda-redes do futebol português. Hoje teve duas ou três intervenções de grande classe e ajudou-nos muito.»

{mp3remote width=”499″ height=”414″ autostart=”false”}http://mp3.rtp.pt/mp3/wavrss/desp/futebol/38023_27266.mp3{/mp3remote}