Durante dois dias, 19 e 20 de julho, o areeiro de Bairros, em Santiago de Bougado, acolhe a quarta edição do Juventude em Festa.

O vai e vem das máquinas no areeiro de Bairros, em Santiago de Bougado, deixa antever que já começou a contagem decrescente para mais uma edição da Juventude em Festa.

Pela primeira vez, o executivo bougadense fez “uma parceria” com quatro bares do concelho que, durante a iniciativa, vão descentralizar a sua atividade para o areeiro. Além disso, estão encarregues da animação dos dois dias. Enquanto na sexta-feira o ponto alto é a atuação do Herman José, pelas 00.15 horas, no sábado, o desfile de moda, apresentado por Mariana Couto e Paulo Reis, é a atividade de destaque.

Contrariamente a outros anos, o desfile não vai contar com figuras conhecidas do panorama nacional, mas apenas com “jovens e adultos” do concelho. Para a noite de sábado, conta ainda a atuação do músico e produtor Joka e da Kika Lewis.

Este ano, o orçamento vai ser “um pouco mais baixo” do que em anos anteriores, devido aos “apoios” que a Junta de Freguesia teve e por não ser necessário um palco para a zona vip, que ficará noutro espaço.

Estando “no seu último mandato”, o presidente da Junta de Freguesia, António Azevedo, afirmou que “não poderia deixar de organizar este evento” que é dedicado a todos os jovens do concelho. “A temperatura vai-nos surpreender e vão estar duas noites com um bom clima. Serão dois dias de convívio para a juventude, por isso apelo para que todos apareçam, porque vão ser duas noites bem passadas”, convidou.

António Azevedo adiantou que, este ano, o executivo fez uma “divulgação bastante forte” e, pelo que tem ouvido nas redes sociais e pelas ruas, esta iniciativa vai ter “uma grande adesão”, graças também à participação de Herman José, que vai trazer “muita gente”.

O presidente da Junta apela ao executivo que lidere a União de Freguesias de Bougado que mantenha esta iniciativa, que decorre no “magnífico local” da Azenha de Bairros, que é um “espaço agradável e de convívio para todos os jovens”. António Azevedo acredita que esta atividade se “mantenha”, por ser “uma marca” em Santiago de Bougado, assim como não crê que em S. Martinho de Bougado a Feira Anual da Trofa termine. O mesmo pensamento tem pela continuidade do Bougado em Festa, já que com a União de Freguesias este evento tem possibilidade de ser “maior”, pois vai envolver “maior dimensão e peso” e uma “maior disponibilidade económico-financeira”.