Junta de Freguesia de Santiago de Bougado atribuiu subsídios às associações bougadenses.

Mostrar “corresponsabilidade” pela boa saúde das associações da freguesia foi um dos motivos pelos quais a Junta de Santiago de Bougado deu continuidade à atribuição de um subsídio anual às coletividades.

Desta vez foram 15 as associações que receberam “um donativo” das mãos do presidente da Junta, António Azevedo, para conseguirem cumprir o plano de atividades e contribuírem para o desenvolvimento da freguesia.

No total, este ano serão atribuídos “40 mil euros às coletividades”, que correspondem a “um quinto do orçamento da Junta de Freguesia”, adiantou António Azevedo.

Quatro associações estrearam-se como recetoras do subsídio: a Associação Um Animal Um Amigo recebeu 600 euros como apoio à esterilização dos animais, a ACRESCI (Associação Cultural Recreativa e Social de Cidai) é uma nova coletividade (nasceu a 15 de janeiro deste ano) e também mereceu um donativo, assim como o grupo “A Rapaziada”, que já representou a freguesia na ExpoTrofa, e a associação Gota d’Água, que mesmo não estando sediada em Santiago de Bougado teve direito a um subsídio pela “muita militância” e pela ação que desenvolve por todo o concelho.

A cerimónia ficou ainda marcada pela entrega de um prémio de mérito desportivo ao Centro Associação de Bairros, pela conquista do Torneio de Primavera, prova de futsal concelhia, no escalão de veteranos masculinos.

Mas nem só as coletividades sociais, culturais e desportivas merecem este subsídio. António Azevedo explicou que também as associações de pais das quatro escolas básicas de Santiago de Bougado vão celebrar “um protocolo que visa a colocação de equipamentos de ar condicionado nas salas de aulas”, depois de “nas eleições legislativas, de junho, se ter verificado que eram muito abafadas”.

A estas juntam-se também três comissões de festas, a de Nossa Senhora do Desterro, a de Páscoa de Cidai e a do Senhor e de Santiago, que “também são apoiadas pela Junta de Freguesia”.

A par do apoio ao associativismo, a ajuda às famílias desfavorecidas na freguesia constitui a grande aposta do executivo bougadense neste mandato. A trabalhar com a Conferência de S. Vicente Paulo, a Junta tem apoiado várias famílias carenciadas com a doação de alimentos, medicamentos e outros bens essenciais. Em reunião de Junta, António Azevedo vai apresentar a proposta para a atribuição de mais duas camas articuladas.

 

{fcomment}