O Ministro da Justiça, Alberto Costa vai estar presente na inauguração dos Julgados de Paz, no dia 7 de Março, pelas 12 horas, na rua Heliodoro Salgado, em Santiago de Bougado.

A Trofa ganha assim, uma nova valência na área da justiça que marca, mais uma vez, o pioneirismo e o empreendorismo do município.

julgado_de.jpgO presidente da Câmara Municipal da Trofa, Bernardino Vasconcelos, considera que “os Julgados de Paz, para além das inúmeras vantagens que trazem ao cidadão que procura a Justiça, são um exemplo de como o poder central e o poder local podem colaborar de forma eficaz, trazendo inúmeras mais valias para o desenvolvimento do concelho, no domínio da Justiça.

Recorde-se que há já vários meses anunciados, os Julgados de Paz vão permitir “dirimir pequenos conflitos, evitando assim que casos de fácil resolução cheguem aos Tribunais”, acrescentou o edil.

A instalação dos Julgados de Paz da Trofa, Sintra e Coimbra, no decorrer do primeiro trimestre de 2006, era um dos principais projectos da Direcção-Geral da Administração Extrajudicial (DGAE).

Desde o início do projecto, em 2002, até ao fim do ano passado deram entrada 7109 processos nos Julgados de Paz de todo o país. Em 2005, o recurso a esta forma de resolução de litígios aumentou 40 por cento, o maior crescimento registado até agora.

Em 2002 deram entrada 336 processos, em 2003 foram 697 processos e no ano seguinte 2535.