Festa da Primavera, organizada pelo projecto Trofa Jovens em Comunidade, juntou diferentes gerações para uma tarde de convívio.

“A Primavera é a estação que a todos nos dá vida/ que com o seu sol nos mostra que a vida não está perdida”. Este é o excerto de um poema de António Moreira, um trofense que subiu ao palco com um grande ramo de flores na mão e declamou poesia dando o mote para a Festa da Primavera, que decorreu no domingo, em S. Romão do Coronado.

A iniciativa organizada pelo Trofa Jovens em Comunidade, um projecto do TCA – Trofa Comunidade de Aprendentes, tinha como objectivo “juntar várias gerações” numa tarde dedicada à Primavera.

“Alegria, boa disposição e convívio” eram os ingredientes para uma tarde animada pelos Grupos de Jovens Crescer Unidos de Covelas, Jovens Unidos de S. Mamede do Coronado, Juventude sem Fronteiras do Muro, de Santa Maria de Alvarelhos, de S. João Baptista de Guidões e Jovens sem Fronteiras da Trofa, Amigos do Canto do TCA, ASCOR – Associação de Solidariedade do Coronado, Centro Social e Paroquial de S. Mamede do Coronado, Centro Comunitário Municipal da Trofa, Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental – APPACDM da Trofa, Irmandade da Santa Casa da Misericórdia da Trofa, Muro de Abrigo, Associação de Solidariedade e Acção Social (ASAS) da Trofa e a Oficina de Cavaquinhos do TCA.

A Festa da Primavera “tem cada vez mais adesão por parte das instituições da Trofa e grupos de jovens do concelho”, congratulou-se Pedro Costa, coordenador do projecto Trofa Jovens em Comunidade. Esta festa surge na linha do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido com os jovens do município e pretende fomentar “o convívio entre as diferentes gerações” e a solidariedade entre os Grupos de Jovens e as instituições do concelho que trabalham com jovens e idosos.

 

O projecto Trofa Jovens em Comunidade, que nasceu no TCA, tem como objectivo organizar todos os grupos de jovens existentes no concelho para em conjunto poderem “abranger outras áreas e partilhar experiências”.