Estudante do curso profissional de Técnico de Cozinha e Pastelaria, na Escola Profissional Agrícola Conde S. Bento, de Santo Tirso, Lara Ferreira estreou-se em concursos internacionais com um 1.º lugar, na categoria “Chef Júnior”. A jovem, residente em S. Romão do Coronado, surpreendeu o júri do Concurso Internacional da Cebola com uma sobremesa.

Lara Ferreira sabia que o elemento surpresa era essencial para se destacar. A estrear-se num concurso – e logo internacional – a jovem da Trofa encarou o desafio com profissionalismo e elevou a cebola a uma categoria invulgar. Pediu ajuda ao chef do restaurante Excelência Wine House, onde estagia, e do brainstorming surgiu uma ideia arrojada: fazer uma sobremesa.

“Como é uma coisa mais complicada de fazer com cebola, pensamos que tinha mais hipótese de ganhar o 1º prémio. Pensamos na tarte tatin, que habitualmente é feita com maçã ou pera, substituindo a fruta pela cebola”, explicou a jovem.

A ideia inovadora parece ter resultado no sabor do prato confecionado, uma vez que Lara Ferreira conseguiu conquistar o júri, conquistando o 1.º lugar na categoria Chef Júnior do 4.º Concurso Internacional da Cebola, que decorreu no Castêlo da Maia, a 10 e 11 de abril, pelas mãos da Real Confraria da Cebola.

“Ainda hoje não acredito que ganhei. Ainda estou a receber muitas felicitações e há pessoas que elogiam o meu trabalho e o facto de ter entrado pela primeira vez num concurso, e logo internacional, e ter ganhado o 1.º prémio”, contou em entrevista ao NT, dias depois da consagração.

A jovem, de 17 anos e residente em S. Romão do Coronado, é aluna da Escola Profissional Agrícola Conde S. Bento e frequenta o curso profissional de Técnico de Cozinha e Pastelaria. O projeto profissional de sonho passa por abrir o próprio negócio na área da pastelaria, onde se sente mais feliz e realizada. Mas, tem plano B: “Se não conseguir, opto por outra área, também ligada à cozinha”.