quant
Fique ligado
Duplicação da linha de Metro da Trofa sem data marcada Duplicação da linha de Metro da Trofa sem data marcada

Ano 2007

JMP exige linha de metro até à Trofa

Publicado

em

  A Junta Metropolitana do Porto (JMP) considerou que o actual modelo de gestão do Metro do Porto é o melhor, mas admitiu a sua alteração, caso o governo aceite assinar um contrato de investimento para expansão da rede, onde está incluída a linha até à Trofa

Duplicação da linha de Metro da Trofa sem data marcada

 

 Rui Rio anunciou esta sexta-feira que existe consenso entre os autarcas para que o novo modelo de o gestão passe a ser discutível. O avanço da obra é que não", disse o presidente da JMP, que considerou fundamental a construção célere da duplicação da linha da Trofa, das linhas de Gondomar e da Boavista e do prolongamento até Laborim (Gaia). Rio falava aos jornalistas no final de uma reunião da JMP que durou quase quatro horas e foi dominada por um debate em torno do futuro do metro. O presidente revelou que a JMP vai apresentar ao governo, no espaço máximo de um mês, a sua contraproposta para o modelo de gestão, financiamento e cronograma das futuras obras do metro. 

Assim a Junta Metropolitana vai propor a celebração de um contrato de investimento com o Governo que defina, com rigor, todas as obrigações das partes.

A contraproposta dos autarcas surge na sequência de uma reunião, que mantiveram na penúltima quinta-feira com o ministro das Obras Públicas, durante a qual Mário Lino questionou o actual modelo de gestão e apresentou um novo calendário de obras.

Rui Rio confirmou que o Governo quer passar a controlar a empresa, actualmente detida em 60 por cento pela JMP, mas não adiantou o calendário de obras proposto pelo ministro.

Publicidade

Na avaliação de Rui Rio, a construção e conclusão das quatro linhas tidas como prioritárias não está condicionada por razões financeiras já que, como assinalou, o investimento necessário é de 800 milhões de euros."É apenas dez por cento do que o Quadro de Referência Estratégica Nacional prevê para o Norte do país", frisou.

Em defesa do actual modelo da empresa, o presidente da JMP disse que, "independentemente do que vai acontecer, funcionou". Ao contrário, "enquanto não houve participação dos autarcas na gestão, durante cerca de uma década, o metro não saiu do sítio e foi alvo de chacota de muita gente", acrescentou.

O modelo de gestão actual, salientou Rio, também "nunca impediu" o papel decisivo que o governo reclama nas grandes decisões relativas ao Metro, "tendo em conta que é ele que paga ou canaliza os fundos comunitários. A única coisa em que o governo não manda é na gestão quotidiana e foi justamente aí que a presença dos autarcas se revelou decisiva. A pressão que exerceram sobre a comissão executiva levou a que o projecto fosse andando mais depressa", concluiu Rio.

 Com Lusa

Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2007

Feliz 2008

Publicado

em

Por

A equipa d' O Noticias da Trofa deseja a todos um ano 2008 muito póspero e recheado de sucesso

 

Continuar a ler...

Ano 2007

Passagem D’Ano em Santo Tirso

Publicado

em

Por

Tal como em anos anteriores a Câmara Municipal de Santo Tirso promove na Praça 25 de Abril a partir das 22 horas do dia 31 de Dezembro e prolongando-se pela madrugada do primeiro dia de 2008, a Festa de Passagem d´Ano.

(mais…)

Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também