quant
Fique ligado

Edição 454

Irmãos compatíveis com doente que precisa de transplante de medula óssea

Publicado

em

 

Paulo, Manuel e Miguel Costa foram chamados pelo IPO do Porto por serem dadores compatíveis com doente que necessita de um transplante de medula óssea.

A probabilidade de uma pessoa, que necessita de transplante de medula óssea, ser compatível com um dador não familiar é de um em cada dez mil. No entanto, houve um doente que conseguiu encontrar não um, nem dois, mas sim três dadores compatíveis. Por sua vez, nestas três pessoas corre o mesmo sangue, já que são irmãos. Paulo, Miguel e Manuel Costa estão inscritos no Registo Português de Dadores de Medula Óssea (CEDACE) e foram contactados, recentemente, pelo Instituto Português de Oncologia(IPO), do Porto, para fazer testes finais de compatibilidade com um doente que necessita de um transplante.

“Fui o primeiro a ser contactado pelo Hospital, para fazer os testes finais, informando-me que havia um doente compatível comigo. Depois, disseram-me que havia mais dois dadores, o Paulo e o Miguel, e pediram-me para marcar com eles um dia para virmos todos fazer os testes”, contou Manuel Costa.

Os três irmãos – ao todo são 12, confirmando a probabilidade de 25 por cento de um irmão ser compatível com outro – foram fazer os testes na sexta-feira, 27 de dezembro, e testemunharam a admiração do pessoal clínico. “Disseram que era difícil encontrar uma em dez mil pessoas e, de repente, apareceram três. Estavam muito satisfeitos”, contou Miguel. O sentimento é partilhado, numa proporção maior, pelos três irmãos, que sentem que podem “salvar uma vida”. Por ser mais novo, Miguel é o dador mais provável e confirma que está pronto “para ajudar” no que puder, “seja o doente uma criança ou um adulto”. O dador nunca saberá quem vai ajudar, uma vez que é obrigatório preservar a própria identidade como a do recetor.

O próximo contacto “pode durar dias, meses ou anos”, afirmou Manuel que, juntamente com os irmãos, vai aguardar com ânsia o dia de poder ajudar a salvar uma pessoa.

Para além de estarem inscritos no CEDACE – Paulo, Manuel e Miguel também são dadores de sangue. O primeiro está “à espera” de receber “uma medalha”, porque já participou em 40 colheitas.

 

Publicidade
Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 454

EN14 e EN104 com trânsito condicionado a partir de 8 de janeiro

Publicado

em

Por

 

Devido às obras de requalificação urbana dos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, as estradas nacionais 14 e 104 vão sofrer “um condicionamento de trânsito, pelo período de três meses”, a partir do dia 8 de janeiro.

Este condicionamento deve-se às obras que vão decorrer na EN14, (troço – Rua D. Pedro V) e na EN104, (troço – Rua Abade Inácio Pimentel), complementares à empreitada de requalificação e regeneração dos Parques e zona envolvente.

De acordo com o comunicado enviado pela autarquia, o trânsito na Rua D. Pedro V ficará reduzido a duas faixas, uma em cada sentido (Norte e Sul). Os transportes públicos no sentido poente/nascente serão desviados pela Rua Camilo Castelo Branco e Rua Costa Ferreira (estes dois arruamentos alteram o seu sentido de trânsito), retomando a EN 104 no Largo de S. Martinho. Já no sentido nascente/poente, passarão a fazer o percurso pela Rua Dr. Lima Carneiro, Rua do Abade Joaquim José Pedrosa e Rua D. João VI e retomam a EN 14.

Na EN 104, o troço da Rua Abade Inácio Pimentel ficará totalmente cortado ao trânsito.

Todas estas alterações, bem como os percursos alternativos aconselhados, estarão devidamente assinalados no local.  

Continuar a ler...

Edição 454

Orçamento para 2014 aprovado na Assembleia Municipal

Publicado

em

Por

Os membros eleitos pelo PSD e CDS/PP votaram favoravelmente o Orçamento para 2014, no valor de 47,8 milhões de euros, assim como o Plano Plurianual de Investimentos e o Plano de Atividades Municipais.

Na sessão ordinária da Assembleia Municipal, que se realizou na noite de segunda-feira, 30 de dezembro, a presidente Isabel Cruz anunciou que Assis Serra Neves, eleito pelo PS, tinha renunciado ao mandato por “motivo pessoal” e sendo substituído por Rui Pinto. Seguiu-se a aprovação com 14 votos favoráveis do PSD e CDS/PP, as abstenções dos eleitos pelo PS e de Carlos Martins, presidente da Junta de Freguesia do Muro, e do voto contra de Paulo Queirós, eleito pela Coligação Democrática Unitária (CDU), do Plano Plurianual de Investimentos, Plano de Atividades Municipais e o Orçamento para o ano de 2014, no valor de 47,8 milhões de euros.

Leia a reportagem completa na edição nº 454 do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);