quant
Fique ligado

jonati

Noticias

Inflação atinge em março o valor mais alto desde junho de 1994

Publicado

em

A variação homóloga do índice de preços no consumidor (IPC) foi de 5,3%, em março, face aos 4,2% de fevereiro, o valor mais alto desde junho de 1994, confirmou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“A variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) foi 5,3% em março de 2022, taxa superior em 1,1 pontos percentuais (p.p.) à observada no mês anterior”, tratando-se do “valor mais elevado desde junho de 1994”, divulgou o INE, confirmando assim os valores previstos nas estimativas rápidas divulgadas no final de março.

O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) também acelerou, registando uma variação de 3,8% (3,2% em fevereiro).

Já a variação do índice relativo aos produtos energéticos aumentou para 19,8%, face aos 15% no mês precedente, o que corresponde ao valor mais elevado desde fevereiro de 1991.

Por sua vez, o índice referente aos produtos alimentares não transformados apresentou uma variação de 5,8%, face aos 3,7% em fevereiro.

A variação mensal do IPC foi 2,5% (0,4% no mês precedente e 1,4% em março de 2021), enquanto a variação média dos últimos doze meses foi 2,2% (1,8% em fevereiro).

Quando ao índice harmonizado de preços no consumidor (IHPC), registou-se uma variação homóloga de 5,5%, representando o valor mais elevado desde o início do IHPC, em 1996.

Publicidade

Esta taxa é superior em 1,1 pontos percentuais à do mês anterior e inferior em 2,0 pontos percentuais ao valor estimado pelo Eurostat para a área do Euro, “refletindo sobretudo diferenças apreciáveis no comportamento dos preços dos bens energéticos, em particular da eletricidade”, apontou o INE.

Assim, excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos, o IHPC em Portugal atingiu uma variação homóloga de 4,1% em março, superior à taxa correspondente para a área do Euro (estimada em 3,2%), “apresentando um perfil ascendente muito pronunciado”.

O IHPC registou uma variação mensal de 2,6% (0,5% no mês anterior e 1,5% em março de 2021) e uma variação média dos últimos doze meses de 2,0% (1,5% no mês precedente).

Continuar a ler...

Falecimentos

Falecimento de Aureliano de Castro Ferreira

Faleceu Aureliano de Castro Ferreira, com 56 anos, residente na rua da Serra, em Guidoes, casado com Clara Maria Torres da Costa Ferreira

Publicado

em

Faleceu Aureliano de Castro Ferreira, com 56 anos, residente na rua da Serra, em Guidoes, casado com Clara Maria Torres da Costa Ferreira

Velório: Domingo dia 05/02, por volta 14:30 horas na Capela Mortuária de Guidões

Funeral: Segunda-feira dia 06/02 às 16:00 horas, na Igreja Matriz de Guidões

Cemitério: Guidões

Missa 7º Dia:

Sábado dia 11/02 às 19:15 horas, na Igreja Matriz de Guidões

Continuar a ler...

Falecimentos

Falecimento de Lucinda da Costa Moreira

Faleceu, com 95 anos, Lucinda da Costa Moreira, residente Rua Central do Arrabalde – Alvarelhos, viúva de Carlos Moreira de Sousa

Publicado

em

Faleceu, com 95 anos, Lucinda da Costa Moreira, residente Rua Central do Arrabalde – Alvarelhos, viúva de Carlos Moreira de Sousa

Dados das cerimónias funebres.

Velório: Sábado dia 04/02, pelas 15:00 horas na Capela Mortuária de Alvarelhos

Funeral: Domingo dia 05/02 às 10:30 horas, na Igreja Matriz de Alvarelhos

Cemitério: Alvarelhos

Missa 7º Dia: Sexta-feira dia 10/02 às 19:00 horas, na Igreja Matriz de Alvarelhos

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Pode ler também...

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);