coloquiotrofense

O auditório da Junta de Freguesia de S. Martinho encheu-se de jogadores das camadas jovens do Clube Desportivo Trofense para ouvir os ídolos da equipa profissional falar sobre a “Mentalidade de um Jovem Jogador”, tema do terceiro colóquio organizado departamento de formação do clube.

Depois de um pequeno discurso de Manuel Wilson, director do departamento, que enumerou as iniciativas levadas a cabo por esta secção até agora, terceiro ano de um projecto delineado com a direcção e que visa a ascensão das diferentes equipas aos nacionais.

Hélder Barbosa, Paulo Lopes e Marco foram os jogadores presentes na iniciativa e falaram nas atitudes de um jogador que pretende fazer do futebol a actividade profissional.

Enquanto Marco aconselhava os pequenos craques a encararem o treino “como se fosse o último, sempre com muito esforço”, Hélder Barbosa lembrava que “é preciso abdicar de muitas coisas”. O extremo referiu ainda que “é preciso ter noção que é um previlégio ganhar dinheiro a fazer o que mais gostamos”.

Tulipa, treinador da equipa sénior, também marcou presença na iniciativa e não escapou às questões dos jovens, que nãoi tiveram “papas na língua” para conseguir perceber como funciona o balneário do Trofense.

Reportagem alargada na próxima edição do NT, quarta-feira nas bancas.

Cátia Veloso