O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) do Porto, nos dias 26 e 27 de outubro, deteve três homens, com idades entre os 19 e os 49 anos, por violência doméstica, nos concelhos da Póvoa de Varzim e da Trofa.

No dia 26 de outubro, no concelho da Trofa, os militares da Guarda, detiveram um homem, de 49 anos, habitual consumidor de bebidas alcoólicas e com antecedentes criminais pelo crime de violência doméstica, por este ter agredido, injuriado e ameaçado de morte a vítima, sua companheira de 53 anos.

Também no dia 26 de outubro, na sequência de uma investigação por violência doméstica, no concelho da Póvoa de Varzim, os militares da Guarda apuraram que o agressor de 19 anos, habitual consumidor de produtos estupefacientes, terá injuriado e ameaçado a vítima, sua namorada de 18 anos, fazendo alusão à exposição de fotos de cariz sexual que teria na sua posse, motivos que levaram à sua detenção.

No terceiro caso, no dia 27 de outubro, no concelho da Póvoa de Varzim, um homem de 49 anos, com antecedentes criminais pela prática de crimes de violência doméstica, condução sob o efeito do álcool, desobediência e falsificação de notação técnica, foi detido por ter injuriado e ameaçado de morte a sua companheira, de 47 anos, movido por ciúmes.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, ontem, dia 27 de outubro, no Tribunal Judicial de Matosinhos, onde lhes foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência das vítimas, proibição de contactar com as vítimas por qualquer meio, proibição de frequentar os locais frequentados pelas vítimas, todos controlados por pulseira eletrónica. O detido de 49 anos, da Trofa, terá ainda de ser submetido a tratamento de desintoxicação ao álcool.

As operações contaram com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) do Porto e dos Postos Territoriais da Póvoa de Varzim e da Trofa.