O Comando Territorial do Porto da Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto, no dia 12 de junho, deteve um homem de 54 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho da Trofa.

Durante a investigação efetuada, as autoridades apuraram que “o agressor exercia violência física, ameaças e injúrias, de forma reiterada, contra a vítima, sua esposa, de 58 anos”.

“O detido, consumidor de bebidas alcoólicas, tem antecedentes criminais pela prática deste tipo de crime, tendo sido já condenado a uma pena de prisão com pena suspensa de três anos, estando o prazo dessa medida de coação ainda em vigor”, fez saber a GNR em comunicado.

O detido foi presente, ontem, dia 13 de junho, a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, tendo-lhe sido aplicada como medida de coação o afastamento da residência e proibição de contactos por quaisquer meios com a vítima e de se aproximar da mesma num raio de 200 metros, com recurso com recurso a pulseira eletrónica.