Um erro do guarda-redes do Trofense permitiu hoje ao BenficaB  vencer a equipa da Trofa  por 1-0 e subir ao terceiro lugar da II Liga de futebol, em jogo da 18.ª jornada da competição.

 O tento da formação secundária da Luz surgiu aos 83 minutos, num livre batido por Luis Martins, que o guarda-redes Marco Gonçalves deixou passar por entre as pernas e, já em cima da linha de golo, o lateral do Trofense Tiago Lopes introduziu a bola na própria baliza. 

Com esta vitória, o Benfica B iguala Desportivo das Aves e Arouca no terceiro lugar, mas beneficia da melhor diferença de golos. 

Os ”encarnados” obedeceram ao previsível guião e entraram dominantes no encontro, perante um penúltimo classificado pouco disposto a correr riscos e que tentava aproveitar as situações de contra-ataque. 

Ainda assim, a maior tendência ofensiva do Benfica B não resultou em efeitos práticos e acabou por se ir desvanecendo aos poucos, à medida que o Trofense começava a colocar em ”sentido” a defensiva da casa. 

A primeira e grande situação de golo das ”águias” surgiu apenas aos 35 minutos, num cabeceamento de Sidnei, mas, instantes depois, João Amorim deixou claro que a formação da Trofa estava ”viva” no jogo, mas Mika evitou o goloda formação visitante. 

Se os primeiros 45 minutos da partida deixaram muito a desejar, em termos de qualidade, a etapa complementar foi para ”esquecer”, com as equipas totalmente entregues ao que o jogo lhes proporcionasse. 

João Cancelo tentou contrariar a apatia generalizada com uma iniciativa individual que quase originou o golo do Benfica B, mas o fraco ”enredo” viria a ter o guardião Marco Gonçalves como protagonista principal de um ”filme de terror”, em que Tiago Lopes não fez mais do que confirmar o tento do triunfo benfiquista.

C/Lusa

{fcomment}