gil_vicente.jpg

 

 

 

 

 

 

No âmbito do processo do polémico "caso Mateus", a Comissão Disciplinar da Liga de Clubes decidiu que o Gil Vicente perde três pontos por cada jogo em que não compareceu, descendo assim ao 15º lugar da Liga Vitalis.

Para além dos nove pontos perdidos, a CD decidiu também sancionar o clube de Barcelos com multas por cada falta de comparência. Assim, a sanção pelo Gil Vicente-Feirense é de 1500 euros, pelo Estoril-Gil Vicente é de 2000 euros e pelo Gil Vicente-Trofense é de 2500 euros. A isto acrescenta-se ainda o pagamento das despesas do jogo com o Estoril.

Às equipas envolvidas, Feirense, Estoril e Trofense, respectivamente, é-lhes confirmada a obtenção de três pontos pelos jogos não efectuados com o Gil Vicente, mas oficialmente vencidos, por 3-0.

O clube gilista já se manifestou e irá recorrer, não dos três jogos perdidos, mas dos nove pontos substraídos, alegando que deveria ter sido aplicado o regulamento da época anterior, pois o novo (que agrava as sanções por falta de comparência), não terá sido ratificado, em assembleia-geral.