Hugo Barros, jogador da AR S. Pedro da Maganha, foi punido com 15 meses de suspensão.

O castigo surge na sequência da final da Taça concelhia de veteranos, a 25 de abril, que ficou marcada pela desistência da equipa da Maganha – diante do Team Lantemil – em protesto com a equipa de arbitragem.

Hugo Barros esteve envolvido numa falta que despoletou momentos de tensão entre as duas equipas e a desistência da equipa aconteceu logo de seguida.

Segundo o comunicado da Associação de Futebol Popular da Trofa, Nuno Silva, do Team Lantemil, foi castigado com cinco jogos de suspensão e Nuno Lopes, do S. Pedro da Maganha, com três jogos.

Ao S. Pedro da Maganha foi aplicada pena de derrota de 3-0 e uma multa de 50 euros.