Juntar o movimento associativo e trocar conhecimentos e boas práticas administrativas foi o objectivo a Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, na Trofa e de Espinhel, de Águeda, que, este sábado, formalizaram um protocolo de intercâmbio cultural e autárquico.

Foi através de Daniel Figueiredo, presidente da Assembleia Municipal da Trofa, natural de Águeda, que surgiu a iodeia de passar para o papel os pressupostos para o intercâmbio cultural e autárquico entre as freguesias de Espinhel e Santiago de Bougado. “Esta ideia já existe há alguns anos, eu tenho uma relação muito forte entre os dois concelhos, mesmo na minha freguesia sempre estive ligado às associações e à comunidade aguedense. Assim surgiu esta ideia de juntar dois concelhos tão similares, dinâmicos, e de progresso”, explicou.

A ideia é aproveitar os conhecimentos de cada um para engrandecer as duas terras, por isso, “através de conversas com o senhor Daniel Figueiredo, presidente da Assembleia Municipal da Trofa e que também é nosso conterrâneo, e depois de uma vinda cá em Setembro, durante a qual me apresentou o presidente da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, decidimos avançar para este protocolo de parceria cultural e autárquica”, afirmou, Manuel Campos, autarca espinhelense.

Com “grandes expectativas”, Manuel Campos ressalvou que “embora a área das duas freguesias seja semelhante em termos de população é muito diferente, temos apenas um terço da população de Santiago, mas poderá ser proveitoso para as duas partes”.

A freguesia de Espinhel é a freguesia com mais recursos fluviais do país, tem uma actividade económica “importante e diversa” e um terreno acidentado “composto por muitos vales”.

Apesar destas diferenças geográficas e populacionais, também António Azevedo, presidente da Junta de Santiago de Bougado acredita nas vantagens do protocolo.

“As vantagens deste protocolo com a Junta de Freguesia de Espinhel são imensas porque esta freguesia a par com a nossa tem um movimento associativo muito alargado, o que vai permitir que as associações de Espinhel e de Santiago de Bougado permutem entre si actividades e não só, dêem conta das suas práticas de gestão e organização”, certificou.

Este protocolo terá ainda vantagens quanto às práticas administrativas, “porque vamos conhecer o modo de funcionamento da freguesia de Espinhel e eles o nosso, tanto em termos administrativos, o que nos vai permitir colher aquilo que é bom, tendo em conta servir cada vez melhor os bougadenses”, acrescentou Azevedo.

Depois da assinatura do protocolo que contou com a presença das várias associações de Santiago de Bougado e de Espinhel, o intercâmbio continuou durante o almoço, num restaurante da cidade.

Durante a tarde foram ainda mostrados, à comitiva de Espinhel, os pontos mais importantes da freguesia de Santiago de Bougado como a Casa da Cultura da Trofa, o Monte de S. Gens e o vasto património religioso da freguesia trofense.

{flvremote}http://trofa.otos.tv/videos/protocolo_santiago.flv{/flvremote}