Um homem de 47 anos, residente na Trofa, deslocou-se, na manhã desta quarta-feira, 29 de maio, ao posto da Guarda Nacional Republicana para fazer um pedido de informação. Na abordagem, o militar que estava no atendimento reconheceu-o e verificou que sobre o indivíduo incidia um mandado de detenção.

Quando se apercebeu que ia ser detido, o homem colocou-se em fuga, mas rapidamente foi intercetado por dois militares, que acabaram agredidos quando o detinham.

À hora de fecho desta edição, o indivíduo estava ser presente a tribunal, para responder pelo caso referente ao mandado de busca e pelas agressões que infligiu aos militares.