Apesar de decorrer desde o dia 31 de agosto, os dias grandes da romaria em honra de Santa Eufémia assinalaram-se a 14 e 15 de setembro. Programa encerra este fim de semana.

O terceiro domingo do mês de setembro é dedicado à romaria de Santa Eufémia. De merendeiro na mão ou pela cabeça, onde não podem faltar as pataniscas, o pão, o vinho e o chouriço, várias centenas de pessoas deslocavam-se ao Monte de Santa Eufémia (Alvarelhos), que é conhecido pela romaria muito antiga, onde está situada a Capela da Santa, que é um local de devoção entre as comunidades piscatórias do Norte do País.

Este foi o tema da encenação das rusgas de antigamente que, juntamente com celebrações religiosas, faziam parte do programa de domingo, dia 15 de setembro, das festas em honra de Santa Eufémia. As festas decorrem desde o dia 31 de agosto e no local houve diversos espetáculos, como atuação do conjunto A Rapaziada, Fanfarra de Santa Maria de Alvarelhos, o grupo Pentágono, Banda de Música da Trofa e a Banda de Música de Paços de Ferreira.

O programa das festas encerra este fim de semana. No domingo, pelas 14 horas, tem início o desfile e apresentação do 38º festival de folclore, que vai contar com as atuações do Rancho Folclórico de Alvarelhos, Rancho Folclórico de Zebreiros (Foz do Sousa-Gondomar), Grupo Folclórico da Casa do Povo de Martim (Barcelos), Grupo Folclórico “As Tricanas de Ovar” e o Rancho Folclórico de Santa Marta de Portuzelo (Viana do Castelo).