Até segunda-feira, 15 de agosto, a Feira do Livro da Póvoa de Varzim promete ser “mais do que um espaço onde pode adquirir as últimas novidades e obras clássicas”. No Largo do Passeio Alegre, esta iniciativa assume-se também como “um espaço de tertúlia, onde a literatura, a música, o teatro, a dança e até as artes de rua se reúnem numa festa à qual todos se podem juntar”. Esta é a convicção dos autarcas da Póvoa de Varzim, que voltaram a promover a Feira do Livro, que funciona das 16 horas à uma da madrugada, às sextas e sábado, e das 16 às 24 horas, esta quinta e domingo.

São mais de 200 as editoras representadas, repartidas por 40 stands, onde se podem encontrar livros para todos os gostos, incluindo exemplares de edições poveiras e até livros usados ou antigos, já que vão estar presentes alfarrabistas.

Organizada pelo Pelouro da Cultura da Câmara Municipal, a Feira do Livro “é uma das atividades mais concorridas no verão poveiro, fruto dos milhares de pessoas que por esta altura visitam o município”. 

{fcomment}