Artigos de marcas conceituadas vão estar a preços outlet na feira de solidariedade ASAS Weekend, a 30 de novembro e 1 de dezembro. O cantor Noble vai animar a tarde do primeiro dia de evento, que serve para angariar fundos para a ação da ASAS junto de crianças e jovens em risco.

Esta será a quinta vez que o Mercado Ferreira Borges, em pleno coração da cidade Invicta, receberá a ASAS Weekend, uma feira de solidariedade organizada pela Associação de Solidariedade e Ação Social (ASAS), que conta com a parceria da Câmara Municipal do Porto, do Hard Club e de várias empresas da região, que abraçam a causa pelas crianças e jovens em risco.

Até ao fim de semana de 30 de novembro e 1 de dezembro, o grupo de voluntários da instituição desdobram-se em esforços, num armazém situado na cidade da Trofa, para preparar os artigos até à hora de serem transportados para o Porto.
Gilda Torrão, diretora-geral da instituição, explicou, numa visita do NT e da TrofaTv ao armazém, que os artigos são de “várias empresas da Trofa, de Santo Tirso e de outros concelhos vizinhos”, que “dão parte do seu stock” para que a ASAS possa vendê-los.

Nos dois dias de feira, será possível encontrar vários artigos de vestuário, calçado, bijuteria, louça, decoração e têxteis-lar, de marcas conceituadas, a preços outlet. Serão ainda colocados à venda livros e cabazes com chocolates, biscoitos e vinhos, assim como sacos e artigos produzidos na instituição, numa panóplia de boas sugestões para presentes de Natal.

A qualidade dos produtos é já marca que distingue o evento, muito importante para garantir a sustentabilidade da ASAS. Segundo Gilda Torrão, este evento “assegura quase dez por cento dos donativos anuais”, tornando-se “vital” para a “sustentabilidade” da instituição. O ano passado, o resultado da ASAS Weekend cifrou-se nos “26 mil euros”.

Os fundos angariados servem, essencialmente, para apoiar na gestão das casas de acolhimento e apartamentos de autonomia da ASAS, que são refúgio de crianças e jovens em risco. Mas a ação da instituição não fica por aqui, traduzindo-se, globalmente, num apoio mensal que chega a “600 pessoas”.

Uma feira que é muito mais do que isso

Mas a ASAS Weekend é muito mais do que uma feira onde pode encontrar bons artigos, a preços convidativos. Esta é também uma oportunidade para conhecer de perto o trabalho que a instituição desenvolve ao longo do ano. “Além da solidariedade, convivemos, agradecemos a quem está connosco e a alguns visitantes, que têm feito questão de nos visitar desde a primeira edição, porque gostam da nossa feira”, sublinhou Gilda Torrão, que apelou à comunidade uma visita pela feira para ver os produtos e, acima de tudo, conhecer de perto a ASAS e as pessoas que dela fazem parte.

O envolvimento da equipa de colaboradores, que por estes dias se tornam voluntários da ASAS, é também crucial, destacou a diretora-geral, que quis também deixar-lhes um agradecimento público.

Telma Pinto, psicóloga da instituição, é uma das pessoas que “veste o avental da ASAS” durante o evento sem desagrado, porque sente que “é um trabalho benéfico para toda a equipa e todos os meninos da ASAS”. “Este tipo de iniciativas une-nos, porque estamos num ambiente diferente das nossas tarefas a trabalhar de forma criativa e divertida, sabendo que nos estamos a ajudar mutuamente”, frisou.

Noble vai dar música à ASAS Weekend

Há ainda uma programação cultural que promete animar o espaço, desde logo com um espetáculo musical de Noble, no sábado, às 16.30 horas. Estão também garantidas atuações de dança e música popular.

Anualmente, segundo dados recolhidos pela ASAS, passam pela ASAS Weekend cerca de cinco mil pessoas.