Centro Social de S. Mamede ainda não abriu oficialmente, mas recebeu uma feira da saúde, na qual a população fez rastreios gratuitos.

 O Centro Social e Paroquial de S. Mamede do Coronado ainda não foi inaugurado, mas abriu as suas portas à comunidade no domingo, para a primeira edição da feira da saúde, que juntou várias entidades parceiras da instituição.

Ao longo do dia, quem passou pelo edifício pôde verificar os níveis de tensão arterial, glicémia e índice de massa corporal, fazer um rastreio oral, visual e auditivo ou experimentar sessões de reiki, acupuntura, bodylife, vitalcare, massagem ou relaxamento. “Queremos mostrar à comunidade os progressos que o Centro Social teve no último ano e proporcionar uma das coisas que está inteiramente ligada com os estatutos que aprovamos, recentemente, que é abrir o máximo de cuidados de saúde gratuitos, promovendo as boas práticas de saúde, alimentação equilibrada e desporto”, explicou o pároco Rui Alves, presidente da direção do Centro Social.

Leia a reportagem completa na edição do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.