A Feira Anual da Trofa foi local de passagem de deputados da Comissão de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural.

 Contactar com os expositores da Feira Anual para perceber as preocupações do sector agro-pecuário foi o objectivo da visita à Trofa do vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD, Pedro Lynce, e da deputada, Luísa Roseira, à Trofa. Acompanhados pela Comissão Política Concelhia do PSD da Trofa, os sociais-democratas quiseram mostrar que o partido “está ao lado dos agricultores”.

Com doutoramento em Agricultura, Pedro Lynce foi o mais entusiasta no contacto com os expositores. O vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD referiu que, na conversa com os expositores, ficou patente “a necessidade de um mecanismo de regulação”, nomeadamente, “dados mensais sobre os custos ao longo de toda a cadeia, desde os produtores até às grandes superfícies”. De acordo com o deputado, face à inexistência deste mecanismo, “quem tem mais dificuldades é o produtor”.

Já presença habitual na Trofa, Luísa Roseira foi mais longe nas críticas ao Governo e sustentou que “no âmbito da abstenção do Orçamento para 2011, o PSD teve uma palavra fundamental relativamente ao sector agrícola”. “Consideramos que era essencial que houvesse um aumento do PRODER (Programa de Desenvolvimento Rural) no âmbito dos 50 milhões de euros, bem como que não fosse aumentado o IVA para os produtos do sector agro-pecuário”, frisou.

 

 

 

Os deputados do Partido Socialista e do CDS que compõem a Comissão de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural acompanhados pela presidente da Câmara Municipal, Joana Lima, e pelo presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho de Bougado, José Sá também passaram o fim de tarde de sábado a visitar a Feira da Trofa. No stand da Agros ouviram as explicações e colocaram questões sobre o sector leiteiro continuando depois numa visita ao certame que, para os deputados já não é novo. Há cerca de quatro anos que a Comissão agora presidida pelo deputado bloquista Pedro Soares, visita a Trofa e a Feira.

Já depois do jantar no qual marcaram presença deputados do Bloco de Esquesda, CDS, CDU, PS, e PSD a convite da autarquia liderada por Joana Lima, o presidente da Comissão entregou lembranças às Coudelarias e cumprimentou alguns dos criadores de Cavalos Puro Sangue Lusitano da Trofa.

 

Sempre ao lado dos deputados, o presidente da Comissão Política Concelhia do PSD não deixou de invocar as dificuldades sentidas pelos produtores trofenses. “Há muitas pessoas do concelho da Trofa que vivem deste sector e que neste momento têm grandes dificuldades na sua produção e no seu dia-a-dia. Perante isto, queremos mostrar que o PSD está preocupado e esperamos que neste sector o futuro seja muito mais risonho do que aquilo que é hoje”, sustentou.

A deputada reconheceu a “importância” da Feira Anual da Trofa: “É um marco na história do Norte do país a nível do sector”.