A FAPTROFA juntou associações de pais, colaboradores e parceiros num jantar de confraternização, na freguesia de Guidões.

A tradição cumpriu-se e por mais um ano a Federação das Associações de Pais da Trofa (FAPTROFA) promoveu um jantar de confraternização. A Trofa é requisito obrigatório para a escolha do local para o evento, pelo que desta vez foi a Quinta da Azenha, em Guidões. Associações de pais, colaboradores e parceiros da federação, como a Câmara Municipal da Trofa, totalizando quase 120 pessoas, juntaram-se num “agradecimento” da FAPTROFA pelo “trabalho voluntário que desenvolvem durante o ano em prol das crianças”, referiu o presidente José Maria Oliveira.

O ano letivo arrancou com normalidade, mas a FAPTROFA está a acompanhar com atenção o dia a dia das escolas. “Tem corrido com normalidade, há sempre pormenores a acertar, mas não há nenhum problema de maior”, explicou.

Este jantar de confraternização repete-se todos os anos na mesma altura, durante o mês de outubro, antecedendo as eleições da FAPTROFA. José Maria Oliveira está a “ponderar seriamente” recandidatar-se à direção, pelo que poderá ser reconduzido na gestão da federação, que este ano letivo lançou um novo projeto: o “Gestão Positiva” que visa a gestão das refeições das crianças em todas as escolas básicas do concelho da Trofa.

 

{fcomment}