Em Santiago de Bougado, duas famílias carenciadas vivem ainda com maiores dificuldades, alegadamente, devido a erros da Segurança Social e no preenchimento da Prova de Condição de Recursos.

Conceição Costa e Eunice Freire são vizinhas, mas para além de partilharem a Rua da Samogueira, em Santiago de Bougado, partilham também os problemas com o Instituto de Segurança Social (ISS).

Conceição Costa, de acordo com a Segurança Social, tem duas filhas, uma nascida a 14 de Dezembro e outra a 19 de Dezembro… do mesmo ano. Apenas a nascida a 19 é sua filha. “A outra não sei onde a foram buscar”, confessa. Para além disso, o seu marido “aparece como sogro” e a filha “verdadeira” aparece como marido.

Leia mais na edição em papel do NT, já nas bancas.