Desde 2007 e até finais de 2009, o investimento da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão na ampliação e modernização dos cemitérios do concelho ronda o montante de 1,3 milhões de euros. O presidente do município, Armindo Costa, que na semana finda realizou uma visita de trabalho-surpresa aos cemitérios de Abade de Vermoim e Sezures, revelou que este pacote de investimentos contempla intervenções num total de 20 cemitérios do concelho e inclui aquisição de terrenos e obras de modernização. De acordo com o autarca, que se encontrou com os presidentes das Juntas de Freguesia de Abade de Vermoim e Sezures, José Costa e Silva e José Torres, respectivamente, “estamos perante um grande investimento, que resolve problemas de sobrelotação de cemitérios por muitos anos”.
Das obras já realizadas, entre 2007 e 2008, a Câmara de Famalicão investiu perto de 860 mil euros na ampliação e modernização de 16 cemitérios de outras tantas freguesias. Só na compra de terrenos para alargamento de cemitérios foram investidos 446 mil euros, enquanto 368 mil euros foram investidos em obras de reabilitação e reparações diversas. A autarquia investiu ainda 45 mil euros em capelas mortuárias, nas freguesias de Avidos e Vilarinho das Cambas. “Nos últimos anos, temos vindo a fazer um forte investimento no alargamento e modernização dos cemitérios do concelho, resolvendo os problemas mais urgentes e antecipando outros”, declarou Armindo Costa, que assinalou a obra feita nesta área na véspera do Dia de Todos os Santos .
O destaque para o investimento efectuado na freguesia de Fradelos, onde a Câmara Municipal investiu 250 mil euros, 125 mil euros na aquisição do terreno e outro tanto na primeira fase da ampliação do cemitério. O cemitério de Joane, cujo problema de sobrelotação já se arrastava há algum tempo, também foi resolvido com a aquisição de um terreno, pelo valor de 117 mil euros. Entretanto, a autarquia já atribuiu um subsídio no valor de cinco mil euros para o início das obras de ampliação. O cemitério de Riba de Ave era outro caso que ameaçava já a sobrelotação e para o qual a autarquia já adquiriu um terreno adjacente, investindo 115 mil euros. Em Delães, também já foi conseguido um terreno para a ampliação do cemitério, que envolveu um investimento municipal de 75 mil euros.
Referência também para o investimento realizado em Calendário, onde depois de ter conseguido adquirir um terreno por permuta, o Município já investiu 65 mil euros nas obras de ampliação e requalificação do espaço.
A Câmara Municipal já arrancou com as obras de alargamento do cemitério da freguesia de Antas, uma obra onde já foram investidos 45 mil euros. Para além destas obras, a autarquia investiu ainda 35 mil euros em obras de reabilitação do cemitério de Bairro, 25 mil euros em Abade de Vermoim, 20 mil euros em Lagoa e 21.500 euros em Sezures, 10 mil euros em Jesufrei e Oliveira Santa Maria e 6 mil euros em Oliveira S. Mateus. A autarquia investiu ainda na construção da Capela Mortuária de Vilarinho das Cambas (20 mil euros) e nas obras de reabilitação da Capela Mortuária de Avidos (25 mil euros).
 
OBRAS PROGRAMADAS PARA 2009
 
Entretanto, até ao finais de 2009, a Câmara Municipal prevê investir ainda cerca de 450 mil euros. Neste investimento está já inserida a aquisição de um terreno para o alargamento do cemitério de Requião, que deverá implicar o valor de 150 mil euros. Por outro lado, a autarquia pretende ainda investir no alargamento e em obras de modernização dos cemitérios de Brufe, Delães, Landim, Riba de Ave, Sezures, Vale S. Cosme e Vermoim.