quant
Fique ligado

Noticias

Eternizar momentos: 5 dicas para criar vídeos de viagem

Publicado

em

Poucas coisas duram a vida toda. Celulares, roupas e automóveis são claros exemplos de produtos que o tempo pode deteriorar. É por motivos como esse que diversos viajantes optam por eternizar memórias, pois consideram ser algo que viverá para sempre.

Com o crescimento da tecnologia, uma maneira de registrar e prolongar ainda mais as histórias contadas pelo mundo afora, é através de vídeos. O primeiro vídeo publicado no Youtube “Me at the zoo” (ou, ‘Eu no zoológico’), por exemplo, foi um indício de que a plataforma traria muitos registros de passeios compartilhados pelos usuários. Jawed Karim, um dos fundadores do YouTube, postou a visita ao zoológico de San Diego em 2005.

Mais de uma década depois, você pode fazer como Karim e compartilhar viagens, porém com um diferencial: a edição de vídeo. Hoje em dia é possível compor a maneira como a sua viagem será apreciada por outras pessoas.

Pensando nisso, separamos 5 dicas e alguns exemplos de vídeos de viagens para te deixar com vontade de tirar o passaporte da gaveta e a câmera do armário:

  1. Planeje sua viagem

Planejar a viagem vai muito além de comprar as passagens e garantir a hospedagem. Para criar bons vídeos, é preciso saber como o destino pode ser melhor representado no material audiovisual.

Por exemplo, se você pretende fazer uma viagem a Nova York é bom pesquisar os locais e diferentes formas que podem ser registrados, como mercado de rua, gastronomia, melhores horários para explorar a cidade e frames de vídeos na Times Square.

O estilo de condução do seu material também pode ser definido no planejamento, como optar por narrações ou áudio original na cena.

Abaixo, mostraremos uma turista que visitou a América do Sul, na Bolívia e no Peru e criou um vídeo criativo dessa experiência marcante. O estilo stop motion que foi usado nesse processo, não seria possível sem um planejamento prévio, veja:

Publicidade

PERU+BOLIVIA / STOP MOTION

  1. Seja original

Independente da forma que escolher a sua edição, é interessante que ela seja feita do seu jeito único e exclusivo, mesmo quando os destinos são conhecidos por muitas pessoas, como a região do vinho no sul da França.

Além de viver as situações de um jeito particular, as imagens podem lhe render materiais incríveis quando bem executadas em vídeo.

Um dos vídeos de viagem mais assistidos, é de um turista que usou essa tática. Matt Harding visitou 42 países e em pontos específicos de cada um deles, fez uma dança em frente à câmera.

O resultado é digno de ser compartilhado sempre que aparecer por aí.

Where the Hell is Matt? 2008

  1. Foque nas pessoas

Claro que as paisagens e monumentos devem fazer parte dos seus registros. Mas além disso, é importante mostrar as pessoas que você encontrar pelo caminho. Isso gera identificação com a audiência e mais do que isso, quando você assistir o vídeo depois de algum tempo, vai se lembrar do que viveu com cada uma delas.

Uma técnica bastante usada para esse tipo de material, é “na altura dos olhos”. Quando for gravar alguém, sobretudo uma criança, ajuste a câmera até o nível dos olhos, pois leva uma perspectiva única no momento de editar o vídeo.

Para servir de inspiração, segue o resultado de mais de 3 mil selfies com mais de 900 pessoas que este turista encontrou em sua expedição pelos Estados Unidos da America.

Publicidade

I took +3000 selfies with 930 people hitchhiking across the USA

  1. Iluminação

A luz é muito importante para conseguir registrar a essência dos lugares que você vai visitar. Nem sempre o viajante consegue levar todo o equipamento de iluminação profissional na mala, mas pode utilizar o recurso natural que garante o melhor que poderia em termos de luz para suas viagens: o sol.

O período anterior ao nascer e ao pôr do sol é chamado de “Hora de Ouro” por profissionais da fotografia, por um bom motivo, pois as imagens são compostas por uma espécie de filtro alaranjado, muito agradável aos olhos.

Para vídeos, não é diferente. Vale a pena se programar para estar em locais importantes nesses horários, a fim de registrar a sua viagem.

Já durante a noite, é importante que você utilize a câmera com a abertura e ISO corretos para que a entrada de luz seja suficiente. Um bom exemplo de uso de todos os períodos do dia, está abaixo, onde existe a união de vários frames de uma jornada em vários países:

MOVE Remixed | 1 Minute. 1 Man. 1 Epic Journey.

  1. Adquira dispositivos de armazenamento

É sempre válido lembrar que dispositivos de memória e nuvem nunca são demais quando o assunto é registrar viagens.

Para não ter surpresas desagradáveis durante ou depois da sua estadia, lembre-se de garantir que todos esses clipes estejam devidamente salvos e acessíveis no momento da edição.

Para fechar esse artigo e mostrar a importância de ter tudo à mão, deixamos um exemplo de como o seu material pode ficar online:

Publicidade

On/Off Volume 2 ✈ Human Safari

Continuar a ler...

Desporto

Trofense vence Coruchense com ‘bis’ de Okitokandjo e segue em frente na Taça

Publicado

em

Dois golos de Stevy Okitokandjo permitiram hoje ao Trofense, da II Liga de futebol, seguir em frente na Taça de Portugal, com um triunfo por 2-0 no reduto do Coruchense, equipa do Campeonato de Portugal.

O avançado neerlandês apontou os tentos da vitória aos 20 e 53 minutos, confirmando o favoritismo do conjunto que ocupa a 15.ª posição da II Liga, embora o resultado não espelhe a sólida exibição do oitavo classificado da Série C do Campeonato de Portugal.

Com o treinador José Peseiro a assistir na bancada do Estádio Municipal que tem o seu nome, o Coruchense apresentou uma excelente réplica ao Trofense, discutindo o jogo da segunda eliminatória de igual para igual, sem se notarem grandes diferenças entre os escalões das equipas.

O que decidia a eliminatória, durante a primeira parte, era o golo de Stevy Okitokandjo, aos 20 minutos, a encostar para o fundo das redes um cruzamento do flanco esquerdo de Pablo Maldini, após combinação com Andrezinho, que meteu o Trofense na frente.

No entanto, a turma de Coruche até dispôs de várias oportunidades para finalizar, sem sucesso, apesar de colocar a defesa adversária em sobressaltos, mas já no reatamento sofreu o 2-0, que fez desabar qualquer réstia de esperança numa eliminação surpresa.

Através de uma jogada de insistência, Stevy Okitokandjo ‘bisou’ na partida, aos 53, na sequência de uma recarga a um primeiro remate de fora da área, o que baixou o ritmo do jogo, apesar de o Coruchense ter procurado até ao fim, sem o conseguir, um tento de honra.

Publicidade
Continuar a ler...

Trofa

Santo Tirso e Trofa: água da rede mantém nível de excelência

Publicado

em

Por

O Dia Nacional da Água assinala-se amanhã (1 de outubro), mas, em Santo Tirso e Trofa, os motivos para celebrar este importante recurso chegaram mais cedo: o regulador revelou os resultados do indicador “água segura” e, nestes municípios, a qualidade continua a ser de excelência.

No seu mais recente relatório dedicado ao “Controlo da qualidade da água para consumo humano”, a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) fixou em 99,9% a segurança da água distribuída em Santo Tirso e Trofa, onde a gestão da operação é assegurada pela INDAQUA. O valor está acima da já muito elevada média nacional de 99%.

“Sendo uma das prioridades na operação da INDAQUA Santo Tirso/Trofa, a garantia da qualidade da água reflete-se nos resultados divulgados pela ERSAR, que muito nos orgulham e que comprovam que a água da rede pública continua a ser a escolha mais segura para os consumidores”, diz Anabela Alves, Diretora Geral da INDAQUA Santo Tirso/Trofa.

No conjunto das seis concessões que operou no último ano analisado pela ERSAR (2021), a INDAQUA obteve uma média de 99,8%, no indicador de água segura, que tem em conta a percentagem de análises realizadas e a percentagem de análises que, em cada território, cumprem os parâmetros de qualidade definidos por lei.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);