A Raitec3D é uma empresa situada em S. Mamede do Coronado e também decidiu abraçar uma nova missão, no sentido de combater o surto de Covid-19.

“Temos, desde domingo, usado as tecnologias de prototipagem rápida, para ajudar os nossos heróis (médicos, enfermeiros, auxiliares, centros de saúde, lares) e procurando minimizar os riscos para eles e utentes”, divulgou ao NT Joaquim Rainha, responsável pela empresa.

Até agora, e com sete máquinas a produzir vários acessórios, a Raitec já produziu uma centena de suportes para máscaras, que foram entregues no Hospital de S. João, no Porto. Outros suportes serão entregues, “esta semana”, no Centro Social e Paroquial de S. Mamede do Coronado e no Centro de Saúde de S. Romão.

Aproveitando o veículo de informação, Joaquim Rainha fez saber que necessita “de ajuda” para completar a conceção das viseiras. “Precisamos que outros nos ajudem com acetatos ou acrílicos, para colocar nas viseiras, pois não tem sido fácil de encontrar aqui na nossa comunidade”, sublinhou.

Joaquim Rainha sustentou ainda que esta produção “é gratuita”, pelo que apela para que a entrega de acetatos ou acrílicos seja feita também em forma de doação.

“Tudo em prol de um bem maior, que é a proteção de quem nos protege”, concluiu.