quant
Fique ligado

Ano 2010

Emigrantes de S. Romão em festa

Publicado

em

Festa do Emigrante reuniu em S. Romão do Coronado vários grupos da comunidade católica portuguesa de Puteaux, em França, na Quinta de S. Romão.

Os emigrantes de S. Romão do Coronado estiveram em festa este domingo. Os filhos da terra voltaram e trouxeram consigo vários projectos que durante anos desenvolveram na comunidade católica portuguesa em Puteaux, França.

A iniciativa para a realização da Festa do Emigrante partiu de José Pereira, romanense, mas que há 44 anos estava emigrado em França. Agora, que decidiu reformar-se, voltou a Portugal e trouxe vários grupos que em França mostram a cultura portuguesa. “Esta é uma comunidade católica que lá temos, com muitos jovens que participam nas iniciativas religiosas e culturais e que divulgam a cultura portuguesa em França”, contou.

José Pereira teve a colaboração da Junta de Freguesia para a organização da festa e para animar a tarde convidou o Grupo de Bombos Os Zés Pereiras de Puteaux, o Grupo Popular os Zés Pereiras da Trofa, o Grupo Folclórico Raízes do Minho de Puteaux, o Rancho Folclórico de S. Romão do Coronado e o Grupo de Cantares Os Alegres do Minho de Puteaux.

Os grupos formados na freguesia de S. Romão do Coronado desfilaram desde o Largo da Estação até à Quinta de S. Romão, onde encontraram os grupos formados em França e juntos tocaram os bombos para dar início à festa. À espera da animação estavam já dezenas de pessoas que aplaudiram a iniciativa do emigrante José Pereira, que trouxe lembranças de França para todos os grupos, para o presidente da Junta de Freguesia de S. Romão do Coronado e para as representantes da Câmara Municipal da Trofa que fizeram questão de marcar presença no evento.

“Esta é uma forma de motivar aqueles que estão fora do país e que realmente não se limitam a exercer o seu trabalho e ainda se dedicam a este tipo de actividades. É uma forma de alegrarmos a freguesia de S. Romão do Coronado e proporcionarmos mais um fim de tarde agradável”, afirmou Guilherme Ramos, autarca romanense, satisfeito com a Festa do Emigrante.

Publicidade

S. Romão, que é uma terra de emigrantes, recebeu-os de braços abertos, porque “infelizmente muitos emigrantes já não vêm tanto a Portugal como no passado”, lamentou o autarca.

A Quinta de S. Romão do Coronado foi o palco da iniciativa e de Guilherme Ramos ficou o desafio: “No mês de Agosto convidamos à organização de uma série de iniciativas para todas as camadas da população. Queremos chamar as pessoas à Quinta de S. Romão, onde é possível passear, descansar e divertir”.

Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2010

Tradição de porta em porta

Publicado

em

Por


O Rancho Etnográfico de Santiago de Bougado mantém viva, ano após ano, a tradição de cantar as janeiras de porta em porta, levando o folclore da região a todas as casas.

(mais…)

Continuar a ler...

Ano 2010

Arte em quatro rodas

Publicado

em

Por

Francisco Maia tem uma oficina de restauro diferente: recupera automóveis antigos há mais de 20 anos.

(mais…)

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também