quant
Fique ligado

Edição 773

Elevador-miradouro da NOARQ vence prémio de sustentabilidade em Espanha

A Câmara Municipal de Vigo venceu os prémios da Semana Espanhola da Mobilidade Sustentável (Prémios SEMS), na categoria de municípios com mais de cem mil habitantes, pela ligação pedonal entre as ruas Serafín Avendaño e Vía Norte, através do projeto “Halo”.

Publicado

em

A Câmara Municipal de Vigo venceu os prémios da Semana Espanhola da Mobilidade Sustentável (Prémios SEMS), na categoria de municípios com mais de cem mil habitantes, pela ligação pedonal entre as ruas Serafín Avendaño e Vía Norte, através do projeto “Halo”.
Esta estrutura nasceu de um concurso de ideias lançado pelo município e tem assinatura trofense. O NOARQ, atelier de arquitetura do trofense José Carlos Oliveira, faz parte do consórcio que elaborou o projeto de arquitetura desta obra com dotação orçamental de 7,2 milhões de euros e que se caracteriza por ter cerca de 50 metros de altura, dois elevadores, e uma auréola no topo, que serve de miradouro. Com cerca de cem metros de diâmetro, esta estrutura servirá para ligar a zona baixa da cidade, onde vivem cerca de 40 mil pessoas, com a zona alta, onde residem cerca de 70 mil.


O trabalho da NOARQ tem dado nas vistas, com a obtenção de vários prémios. Em 2021, em novo concurso de ideias, mas para desenhar as futuras piscinas ao ar livre da praia da Concha-Compostela, Vilagarcía, o atelier de José Carlos Oliveira, em consórcio com a AM2, venceu com a proposta “A Q U A V A I”. A NOARQ esteve também entre os vencedores do Architecture MasterPrize 2020 (AMP), concurso que premeia projetos nas áreas de arquitetura, design de interiores e arquitetura paisagística à escala global, com a QST House, um projeto privado situado em Santo Tirso, deu nas vistas, triunfando na categoria Restoration & Renovatione (restauração e renovação).
Em outubro de 2021, ficou a saber-se que o atelier integra o consórcio que apresentou a melhor proposta para a construção da nova ponte que vai ligar o Porto e Vila Nova Gaia.
Recorde-se que José Carlos Oliveira foi o responsável pelo projeto de arquitetura dos paços do concelho da Trofa, que estão em fase final de construção.
Os Prémios SEMS foram organizados pelos ministérios espanhóis da Transição Ecológica e Desafio Demográfico e dos Transportes, Mobilidade e Agenda Urbana.
Abel Caballero, autarca de Vigo, agradeceu aos dois ministérios o reconhecimento “pelo estímulo que representam estas formas de mobilidade sustentável, emissões zero e uso de energia renovável” e que implica uma “mudança revolucionária” na sociedade atual e futura.
Sobre o projeto, o arquiteto explicou ao NT, em fevereiro de 2021, que “os elevadores públicos pertencem ao restrito conjunto de objetos transformadores da paisagem urbana”, que, “além do avanço civilizacional que representam para o dia a dia das populações”, servem como “landmarks (pontos de referência)”.

Continuar a ler...

Edição 773

Opinião: Sobre o futuro das Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores

“Agora que já passou quase um mês do encerramento das Festas de N.ª Sr.ª das Dores deste ano, e que as luzes se apagaram, na esperança de se reacenderem no próximo ano, parece-me fundamental iniciar uma profunda reflexão sobre o futuro das Festas”.

Publicado

em

Por

Agora que já passou quase um mês do encerramento das Festas em Honra de Nossa Senhora das Dores deste ano, e que as luzes se apagaram, na esperança de se reacenderem no próximo ano, parece-me fundamental que todos os trofenses que valorizam e amam as Festas, e tudo o que…

 

Já é assinante? Inicie sessão

Não é Assinante? Clique aqui e assine os nossos conteúdos a partir de 1 euro

 

Continuar a ler...

Edição 773

ACES promove Fórum sobre segurança do doente

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Santo Tirso/Trofa promove, esta sexta-feira, 23 de setembro, o 1.º Fórum da Segurança do Doente.

Publicado

em

Por

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Santo Tirso/Trofa promove, esta sexta-feira, 23 de setembro, o 1.º Fórum da Segurança do Doente.
A iniciativa, destinada a profissionais de saúde e utentes, tem lugar na Fábrica de Santo Thyrso e é dividida por quatro “mesas redondas”, que abordarão sobre medicação segura e desafios da reconciliação terapêutica, assim como sobre “Comunicação e Segurança do Doente”, o “Envolvimento do Utente na Segurança do Doente” e a “Certificação da Qualidade e Segurança do Doente”.
A sessão de encerramento está prevista para as 17h30, com a intervenção do diretor executivo do ACES Santo Tirso/Trofa, Nuno Carvalho.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também

} a || (a = document.getElementsByTagName("head")[0] || document.getElementsByTagName("body")[0]); a.parentNode.insertBefore(c, a); })(document, window);