Poucas novidades existem no programa de comemorações dos 20 anos do concelho da Trofa. A tertúlia com os membros da comissão promotora “Trofa a Concelho” e o programa da TSF “Terra a Terra” são algumas das atividades que se destacam nas celebrações, que mantêm a entrega dos Prémios do Concurso Lusófono, a vitela e o concerto da Orquestra Urbana da Trofa. Este ano, a autarquia vai homenagear os elementos da comissão promotora, com a atribuição da medalha de honra grau ouro e o título de cidadãos honorários.

As comemorações da elevação da Trofa a concelho começam esta quinta-feira, 15 de novembro, e estendem-se até ao feriado municipal, dia 19. O programa de atividades é muito semelhante ao que tem sido apanágio, salvo algumas exceções, como a tertúlia com os membros da comissão promotora “Trofa a Concelho”, às 21 horas do dia 16, na Junta de Freguesia do Muro, e o programa radiofónico “Terra a Terra”, da TSF, entre as 9.10 e as 11 horas, do dia seguinte, na antiga estação de comboios da Trofa.
A primeira atividade integrada no programa comemorativo é o seminário sobre “Relações de Vizinhança entre Ministério Público e as CPCJ’S”, que decorre durante todo o dia de 15 de novembro, no auditório do Fórum Trofa XXI.

Na sexta-feira, dia 16, os autarcas vão às escolas de Estação, no Muro, de manhã, e à Secundária da Trofa, à tarde. Segue-se, às 18.30 horas, a cerimónia de entrega dos prémios de mérito escolar, no auditório do Fórum Trofa XXI.

O projeto vencedor do Orçamento Participativo Jovem de 2017, “Equipar o Basquetebol no Concelho da Trofa”, da Associação Cultural e Recreativa Vigorosa, é apresentado pelas 15 horas de 17 de novembro, sábado, no Parque Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro. À noite, o auditório do Fórum Trofa XXI é palco do concerto da Orquestra Urbana da Trofa, que este ano contará com a participação especial de Daniel Pereira Cristo. O espetáculo tem início marcado para as 21 horas.

No dia 18, o Parque Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro é ponto de partida, às 9 horas, e chegada do já habitual Passeio de Bicicletas Antigas. No mesmo local, decorre, entre as 11.30 e as 13 horas, um espetáculo de concertinas e cantares ao desafio pelo grupo “Danças da Concertina”, da Junta de Freguesia da Vila de Carregosa (Oliveira de Azeméis).
Um dos coretos do Parque Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro vai encher-se com a Banda de Música da Trofa, que dará música a partir das 15 horas.
Durante a mesma tarde, os mais pequenos terão direito a brincar em insufláveis.
Outra das atividades tradicionais do programa comemorativo do concelho é a entrega dos prémios do Concurso Lusófono da Trofa. Este ano, serão entregues na antiga estação de comboios da Trofa, numa cerimónia que começa às 17.30 horas e que contará com a participação dos alunos do 4.º ano da Escola de Paradela e da Orquestra de Ritmos Ligeiros. Esta dará ainda um concerto, às 21 horas, no auditório do Fórum Trofa XXI.

Às 17 horas, tem lugar no auditório do Fórum Trofa XXI a sessão solene, que ficará marcada pela atribuição da medalha de honra grau ouro e o título de cidadãos honorários aos membros da comissão promotora do concelho da Trofa.

O feriado municipal começa com o hastear das bandeiras, às 10 horas, no polo I da Câmara Municipal da Trofa, os coros da Universidade Sénior do Rotary da Trofa e do Centro Comunitário Municipal.
Ao meio-dia, decorre a missa solene de aniversário do concelho da Trofa, na Igreja Paroquial do Muro, e às 17 horas, tem lugar no auditório do Fórum Trofa XXI a sessão solene, que ficará marcada pela atribuição da medalha de honra grau ouro e o título de cidadãos honorários aos membros da comissão promotora do concelho da Trofa: Pedro Costa, Aníbal Costa, José da Costa Ferreira (a título póstumo), Armando Martins, Augusto Vaz e Silva (a título póstumo), José Gregório Torres, António Pereira, Francisco Lima, Manuel Silva, José Reis, Adélio Serra e José Moreira da Silva.
O programa comemorativo fecha com a tradicional vitela no Parque Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, onde haverá animação musical pelo grupo “Sons e Cantares d’Outrora”.

Segundo a Câmara Municipal, responsável pelas comemorações, as atividades “vão incluir homenagens e reconhecimentos públicos a entidades que contribuíram decisivamente para a concretização da autonomia administrativa do concelho”.