filipe-portela 

Filipe Portela é o candidato socialista a Santiago de Bougado

O Notícias da Trofa: O que o leva a candidatar-se à Assembleia de Freguesia?

Filipe Portela: Sou bougadense desde que nasci e nos últimos anos tenho vindo a aperceber-me que não temos tido políticas de futuro, por isso e por achar que este é o momento ideal para uma mudança pensada, aceitei este desafio. Acima de tudo preocupa-me a situação actual de Santiago de Bougado pois, não vivemos como cidade, falta-nos identidade é preciso fazer de Santiago de Bougado uma cidade de futuro.

NT: Quais são os projectos que vai apresentar para o mandato?

FP: Nós temos ideias e projectos que fará de Santiago de Bougado um freguesia virada para o futuro. Estes projectos assentam essencialmente em três grupos. Um Bougado Social, onde destaco a procura de uma solução, através da auscultação da população sobre a melhor localização, para um Centro Cívico que vise a aprendizagem, o convívio, a integração social e a formação nas novas tecnologias. No plano do Bougado Digital está a informatização de alguns serviços da Junta e Segurança Social, a criação de pontos de internet grátis e o desenvolvimento de um site para a Junta de Freguesia. Por fim, defendemos um Bougado Urbano, porque não podemos continuar a assistir à “fuga” dos filhos bougadense para as freguesias vizinhas, por isso comprometo-me a fazer de tudo para que seja possível a criação de zonas de construção em Santiago de Bougado. A nível das acessibilidades, defendemos a criação de uma ponte sobre o Rio Ave visto a variante projectada não servir ST. Bougado. Quanto às estradas é essencial a sua manutenção, não chega criar as acessibilidades também é preciso manter a qualidade, através acções de limpeza e preservação das ruas e passeios. Estes e outros projectos serão apresentados a quando do lançamento do nosso Manifesto Eleitoral.

NT: Qual é o projecto/área prioritário (a) caso seja eleito?

FP: Todos os projectos são importantes para o desenvolvimento futuro de Santiago de Bougado, no entanto apostamos também na requalificação de três centros claros e dignos da nossa freguesia: Igreja Matriz, Bairros e Aldeias de Cima. Para a Igreja Matriz defendemos uma requalificação do adro, a criação de uma zona pedonal, bem como o desenvolvimento de infra-estruturas na zona envolvente da Casa da Cultura. Bairros tem um souto agradável, a ideia passa por melhorar o centro e permitir a construção na área envolvente. Para as Aldeias de Cima é necessário criar um centro de lazer com a nobreza que tem o Souto da Lagoa e o Souto de Bairros, isto é, fazer crescer a área envolvente da Capela Nossa Senhora da Livração, transformando-a num verdadeiro centro de todas as Aldeias de Cima.

NT: Porque é que os eleitores devem votar em si?

FP: Faço parte de uma equipa jovem e humilde, onde a força da juventude é norteada pelo sentido de experiência. Nós apesar de temos ideias claras do que pretendemos para a freguesia, ouvimos a população com o intuito de encontrarmos Santiago de Bougado. Somos uma alternativa ao actual executivo, nós pensamos no presente com olhos virados para o futuro, de modo a que Santiago de Bougado seja a cidade que merece.

NT: Considera mais fácil governar sendo a Câmara e a junta do mesmo partido? Porquê?

FP: Independentemente de quem seja a Câmara, a Junta vê-se na obrigatoriedade de lutar sempre pelo melhor de Santiago de Bougado. Devido às afinidades políticas, lutamos por uma Câmara Socialista. Apesar de tudo, os bougadense podem ficar descansados que, desde que haja seriedade política, a governação é fácil e é possível ter “Mais Futuro para Bougado”.