A Polícia Judiciária, através da Directoria do Norte, identificou e deteve, com a colaboração do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, um homem como presumível autor de crimes de rapto, violação e roubo de que terão sido vítimas mulheres, maiores de idade, designadamente em finais de 2008 e pelo menos no mês de Fevereiro de 2009.

As mulheres seriam abordadas de madrugada, por vezes à força, pelo ora arguido, geralmente em locais de venda de produtos estupefacientes, no Porto, e eram introduzidas numa viatura e conduzidas para um apartamento arrendado na zona de Vila Nova de Gaia, onde eram violadas e roubadas.

O detido, de 33 anos de idade, desempregado, que foi agora interceptado quando regressava de um país africano, viu ser-lhe aplicada, após interrogatório judicial, a medida de coacção de obrigatoriedade de permanência no domicílio.