O número de desempregados na Trofa tem aumentado desde novembro de 2011.

No mês de março existiam 3894 pessoas inscritas no Centro de Emprego da Trofa. Este valor representa um acréscimo de oito por cento face ao registado no mesmo mês do ano passado e um aumento de cerca de quatro por cento, relativamente a fevereiro de 2012.

O número de desempregados no concelho da Trofa tem aumentado desde novembro de 2011 (3465 pessoas sem trabalho), mês em que se registou um decréscimo em relação ao mês anterior (com 3658 inscritos no centro  de emprego).

Segundo os dados fornecidos pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, em março deste ano, as mulheres continuavam a ser as que mais sofrem com o flagelo do desemprego (2330 inscritas), relativamente aos homens (1564). 

A maior parte dos desempregados inscritos no centro de emprego estão nesta condição há menos de um ano (2026) e os que procuram o primeiro emprego representam uma pequena parcela (292). O grupo etário que mais sofre com a falta de emprego é o que está compreendido entre os 35 e os 54 anos (1953), o que dá mais sentido à famosa tese de que as pessoas nesta faixa etária são novas para a reforma e velhas para trabalhar. Logo a seguir, surge o grupo etário superior, 55 anos ou mais, com 775 desempregados. 

No mesmo mês, o Centro de Emprego da Trofa inscreveu 287 novos desempregados, tendo sido colocadas 17 pessoas.

{fcomment}