A subcomissão parlamentar de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, presidida pelo deputado socialista Miguel Ginestal, visita, hoje de manhã, as explorações agrícolas existentes na área de implantação da futura plataforma logística Maia/Trofa. O projecto faz parte de um conjunto de 11 plataformas apresentadas em Maio passado pelo ministro das Obras Públicas, Mário Lino, e tem sido alvo de muitas críticas, relacionadas com os seus “fortes impactos ambientais”. Até porque, denunciaram os contestatários, a estrutura ficará situada em reserva agrícola nacional.

Em finais de Janeiro passado, o presidente da Cooperativa Agrícola da Maia, Manuel Marques, referiu que o projecto implicava o fim de 30 explorações agrícolas, o que representava a perda de cerca de três milhões de litros de leite e de mais de 120 postos de trabalho. A Associação para a Defesa do Ambiente e do Património na Região da Trofa, a CDU e “Os Verdes” uniram-se nas críticas à empreitada, sustentado em “informações vagas” e “gerais”.

A jornada da subcomissão começa às 10 horas, com uma reunião na Câmara da Trofa. Segue-se, às 11 horas, a visita às explorações agrícolas afectadas. Às 12.30 horas, o almoço será servido em Folgosa (Maia).

 H S- JN