quant
Fique ligado
Deputados do CDS levaram uma mão cheia de reivindicações Deputados do CDS levaram uma mão cheia de reivindicações

Ano 2007

Deputados do CDS levaram da Trofa reivindicações

Publicado

em

Deputados do CDS  levaram uma mão cheia de reivindicações

Os deputados Abel Batista e Álvaro Castel Branco do Grupo Parlamentar do CDS/PP estiveram este sábado na Trofa, convite da concelhia do CDS para se inteirarem dos problemas do concelho, no que diz respeito a acessibilidades, à Linha de Metro e à Plataforma Logística, anunciada pelo governo

Os deputados do Partido Popular visitaram a Estação de caminho-de-ferro do Muro, que está desactivada, com sinais visíveis de degradação e por onde deveria passar o Metro da Trofa. Abel Batista considerou "inaceitável que o Governo tenha mandado suspender esta obra, que estava prometida pelo poder Central desde que retiraram o comboio para o substituir pelo metro. Aqui trata-se de repor a justiça". Por seu lado Álvaro Castel Branco comunga da mesma opinião e foi mais longe ao afirmar que "esta obra que deveria ligar o Ismai à Trofa á a mais barata de todas e a que, na minha opinião deveria ser a primeira a ser executada", frisou. “é incompreensível que se fale de aeroporto da OTA, do TGV ou mesmo da nova travessia sobre o Tejo quando não se termina uma obra como a do metro”, asseverou o deputado e responsável da metro do Porto.

Abel Batista prometeu”questionar o Ministro das obras Publicas sobre para quando está prevista a realização das obras do Metro”, assegurou.

Depois da estação do Muro a comitiva do CDS dirigiu-se a S. Romão do Coronado, ao local para onde foi anunciada, pelo Ministério das Obras Publicas, anunciou, em 2006 a construção da Plataforma Logística em terrenos que estão integrados na Reserva Agrícola Nacional.

Os deputados consideraram “discutível a opção do Governo de querer instalar em terrenos férteis esta estrutura e prometeram tentar inteirar-se sobre a possibilidade que foi avançada pela comunicação social, de ser deslocalizada e apanhar apenas uma parte desse terrenos”.

Quanto às acessibilidades,nomeadamente a construção das variantes rodoviários às estradas nacionais 14 e 104, o deputado Abel Batista assegurou que vai fazer pressão, na Comissão Parlamentar d e Transportes, à qual pertence para que o problema da Trofa seja resolvido.

Publicidade

“Esta questão terá que ser colocada em termos de contrato de programa entre o Governo e a própria autarquia da Trofa. Sobre isso a Câmara Municipal terá uma palavra a dizer, a Trofa é um dos mais jovens municípios do país e tem um percurso a fazer e questão da variante é fundamental com a ligação às grandes vias de comunicação que aqui passam ao lado, a A3, A28 e é importante que comecem a ser trabalhadas”.

Por seu lado Paulo Serra, responsável máximo pelo CDS/PP da Trofa relembrou “a Linha de metro para a Trofa é uma pretensão justa já que quando nos retiraram o comboio, prometeram que o estavam a fazer para o substituir pelo metro, o que nunca aconteceu. Agora altura de cumprir o prometido”. Paulo Serra foi mais longe e considerou “inconcebível que em pleno seculo XXI a rede ferroviária e as variantes continuem por concluir”.

O responsável criticou ainda que a ligação entre os concelhos de Trofa e Vila Nova de Famalicão se continuem apenas a fazer por uma ponte, construída na década de 30, onde passam milhares de veículos por dia, e que em horas de ponta entopem por completo aquela via”.

Os investimentos do QREN (Quadro de Referencia Estratégica Nacional) previstos para o Porto são “uma vergonha”, asseverou Paulo Serra pois, em seu entender “a região Norte é aquela que mais contribui para para o Orçamento do Estado e é a quem tem sido mais marginalizada pelo Governo Socialista”.

A instalação da Plataforma logística em Terrenos pertencentes à RAN foi outra das criticas feita por Paulo Serra que considerou “um erro grave destruir uma bacia tão fértil como a do Vale do Coronado. Reconheço que a Plataforma vai criar emprego mas, vai destruir, por outro lado mais de uma centena de postos de trabalho de pessoa ligadas à agricultura e pecuária”, concluiu.

Carlos Martins, presidente da Junta de Freguesia do Muro, eleito nas listas do CDS/PP nas ultimas autárquicas, agradeceu a vinda dos deputados e apelou para que a Linha do Metro seja finalmente construída até à Trofa, repondo assim a justiça e voltando a dar à população do Muro o meio de transporte que há vários anos lhe foi retirado” pedindo aos deputados que pressionem o Governo.

Publicidade
Continuar a ler...
Publicidade
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Ano 2007

Feliz 2008

Publicado

em

Por

A equipa d' O Noticias da Trofa deseja a todos um ano 2008 muito póspero e recheado de sucesso

 

Continuar a ler...

Ano 2007

Passagem D’Ano em Santo Tirso

Publicado

em

Por

Tal como em anos anteriores a Câmara Municipal de Santo Tirso promove na Praça 25 de Abril a partir das 22 horas do dia 31 de Dezembro e prolongando-se pela madrugada do primeiro dia de 2008, a Festa de Passagem d´Ano.

(mais…)

Continuar a ler...
EuroRegião Talks

Inscrições EuroRegião Talks

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também