daniel ramos

Daniel Ramos vai voltar a comandar os destinos do Trofense. O técnico que orientou o clube nas épocas 2005/2006 e 2006/2007, conseguindo a subida à Liga de Honra na primeira e o 11º lugar na segunda, assinou contrato até ao final da época. O treinador de 39 anos, que treinava o Vizela (2ª divisão B) é o sucessor de Vítor Oliveira.

O acordo com o treinador foi selado esta tarde numa reunião com Rui Silva, presidente do clube, e do manager do Futebol Profissional, Porfírio Amorim.

Em declarações ao site oficial do clube, o treinador Daniel Ramos afirmou que espera ser feliz no regresso a uma casa que conhece bem: “Fundamentalmente representa o regresso a uma casa que conheço bem, onde me dei muito bem e espero sentir as alegrias que passei nas duas últimas épocas que cá estive. Espero trazer algo de mim para o clube e contribuir naquilo que puder para juntos trabalhamos na procura dos objectivos máximos. Sinceramente, espero ser feliz no regresso a esta casa, espero que a esquipa se una em torno desse objectivo comum, que a equipa possa ser mais forte em cada jogo e depois no final do campeonato possa atingir aquilo que quer e fazer uma grande festa no regresso ao campeonato máximo do nosso futebol. É o meu desejo, é para isso que cá estou, vamos tentar sabendo que é difícil, que temos finais nos jogos que aí vem, mas com coragem, determinação e ambição vamos dar uma resposta positiva”.

Questionado sobre quais as diferenças do Daniel Ramos que deixou o Trofense em no final da época 2006/2007 e aquele que chega agora ao Clube, o treinador disse o seguinte: “É o mesmo Daniel Ramos, ambicioso e bem-disposto, que olha com realismo para o projecto que tem em mãos, que sabe que a sua missão não será fácil, mas a sua ambição e determinação ajudarão a corresponder á oportunidade dada pela Direcção. Aproveito para agradecer este oportunidade Clube, nomeadamente ao Presidente, com quem tenho um óptimo relacionamento. Vou dar o meu máximo para proporcionar alegrias a este Clube”.

Sobre o valor do actual plantel, Daniel Ramos disse que “o Trofense é uma das equipas mais fortes da Liga Vitalis em termos de plantel. Passou por fases complicadas durante esta época, nomeadamente no que diz respeito a lesões. Apesar de não ter o plantel na máxima força, sinto capacidades para que nos jogos que faltam conseguirmos atingir os objectivos. Tenho confiança total nos jogadores que constituem o plantel, vamos tentar potenciar todas as suas qualidades, vamos tentar acordar alguns jogadores que estão mais acomodados e vamos tentar que alguns aumentem o seu rendimento. Todos têm de dar mais um bocadinho e o somatório das suas forças vai ajudar a equipa a conseguir mais pontos.”

Convidado a deixar uma mensagem à massa associativa, Daniel Ramos pediu incondicional apoio em torno da equipa: “Acreditem que ainda é possível e apoiem incondicionalmente. Num campeonato tão equilibrado e exigente como este, onde as equipas são muito parecidas no valor global e onde cada jogo pode ser resolvido em pormenores, o pormenor do forte apoio da massa associativa pode fazer toda a diferença. Peço-lhes que apoiem e que estejam ao lado da equipa, nos bons e maus momentos”.