Carros elétricos e híbridos estiveram expostos no Parque de Nossa Senhora das Dores para assinalar o Dia Europeu sem Carros. Estas viaturas ecológicas prometem revolucionar o mundo automóvel uma vez que são mais silenciosas, mais amigas do ambiente e não vão ser movidas a combustíveis fósseis.

O executivo trofense sempre que pode associa-se a causas verdes e como tal não podia deixar de assinalar o Dia Europeu Sem Carros que se assinala a 22 de setembro. Assim, a autarquia decidiu antecipar a celebração desse dia e realizou um conjunto de atividades no domingo, 18 de setembro. Logo pela manhã, foi feita uma caminhada pela Rota do Castro de Alvarelhos, e ao mesmo tempo, no centro da Trofa, dava-se início a um passeio de bicicletas e inauguravam-se as restantes atividades no Parque de Nossa Senhora das Dores (Exposição de veículos alternativos; rastreios gratuitos; corridas de carros a pedal).

A Câmara Municipal da Trofa tem vindo a desenvolver alguns projetos ecológicos e o projeto mais recente em que se envolveu foi mesmo no projeto de postos de abastecimento elétricos. Esta é uma iniciativa que coloca o município como pioneiro neste âmbito deixando o executivo orgulhoso. “Temos um projeto e uma candidatura para 40 lugares de carregamento de carros elétricos onde oferecemos excelentes condições aos munícipes. Por exemplo, um carro híbrido pode estacionar na Trofa em qualquer lado, por tempo indeterminado e está completamente isento de qualquer tipo de taxa”, afirmou o vereador do Ambiente.

“Perante as dificuldades financeiras que a autarquia atravessa este é um projeto que vai demorar o seu tempo”, admite Assis Serra Neves.

A autarquia trofense tenta incutir estes hábitos ecológicos e ambientalistas junto dos mais novos e leva a cabo algumas “ações de sensibilização às escolas”. Para o próximo ano letivo 2012/2013 o executivo já está a projetar dois concursos para lançar junto das escolas “um será direcionado para os alunos do 2º e outro para os do 3º ciclo, tendo por base o desenho de carros elétricos”.

Depois do vereador ter experimentado os veículos ecológicos e de ter decidido dar a entrevista ao NT dentro de um híbrido, fez questão de salientar a vontade de adquirir um conjunto deste tipo de veículos para a autarquia. “Se nós estivéssemos em outras condições financeiras, ia propor ao restante executivo que fosse proibido à autarquia comprar outro tipo de carros que não fossem elétricos, no mínimo carros híbridos”, admitiu.

Assis Serra Neves espera que o município trofense venha a ser ainda mais verde quando tiver “ruas fechadas ao trânsito e um circuito de transportes públicos”. Segundo o vereador, esta ideia será posta em prática quando o “metro chegar à Trofa” uma vez que terão de ser criados outros meios de transporte para os munícipes.

Na exposição dos carros elétricos e híbridos, havia dois carros que não passavam despercebidos. Um deles foi idealizado pela equipa “ bebumlitro”, composta por alunos da Universidade do Minho, e era basicamente um carro a gasolina que participa anualmente na Shell Eco-marathon. O outro veículo elétrico exposto era de competição e foi produzido por alunos da FEUP (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto) com o objetivo de participar em corridas. “O veículo ainda está em estado de desenvolvimento, ainda é necessário fazer muitos testes e continuar a desenvolvê-lo, mas nós acreditamos que ele levado ao limite conseguirá ter uma prestação superior aos atuais de competição, ou seja, conseguirá atingir os 150 Km/hora”, salientou orgulhoso Rui Santos, um dos elementos do projeto.

A Câmara Municipal da Trofa associou-se à Semana Europeia da Mobilidade 2011 em conjunto com outras autarquias a fim de divulgar junto dos seus munícipes a importância de ter uma vida mais ecológica, mais saudável e consequentemente mais duradoura.

 

{fcomment}