Vestidos à época, rapazes com boinas e raparigas com lenços, os alunos do Jardim de Infância e Escola Básica de Feira Nova, de S. Mamede do Coronado, passaram uma manhã diferente na feira da freguesia, no dia 27 de novembro.

A feira, que se realiza todas as semanas no Largo de Feira Nova, ganhou mais movimento do que habitual, uma vez que muitos familiares das crianças aproveitaram por se juntar à iniciativa e comprar alguns artigos que foram postos à venda pelos pequenos, como compotas, legumes e doces.
Organizada pela Associação de Pais (AP), com o apoio da Federação das Associações de Pais da Trofa (FAPTrofa), a iniciativa tinha como objetivo “angariar receita” e “dinamizar a feira semanal”. Pedro Teixeira, elemento da AP explicou que as crianças, especialmente as do jardim de infância, estavam “bastante empolgados” com a visita à feira. “Como é visível, a feira tem um movimento muito fora do normal, porque as pessoas passam e param. Há pais que, mesmo trabalhando, arranjam um tempinho para estar junto dos filhos e até acabam por comprar alguma coisa aos comerciantes”, sublinhou.
Segundo Pedro Teixeira, os fundos angariados servirão para financiar “as atividades das crianças ao longo do ano letivo, como festas e visitas de estudo”.
Em parceria com a FAPTrofa, a AP preparou um momento de teatro de rua, com as crianças a serem as grandes protagonistas. Esta atividade surge no âmbito da candidatura do Projeto de Requalificação Urbana dos parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, em que a FAPTrofa se comprometeu a desenvolver algumas ações imateri-ais. Segundo José Maria Oliveira, presidente da Federação, à luz desta candidatura “já se realizaram workshops de ciência viva, ações de prevenção da toxicodependência, promoção da saúde e desporto e atividades lúdico-desportivas”. No dia 10 de dezembro, no espaço da Feira e Mercado da Trofa, cerca de 2100 crianças do jardim de infância e 1.º ciclo do concelho vão ao circo e interagir com um DJ e aprender mais sobre luz e imagem.
No dia 16 de dezembro, é a vez das crianças da Escola Básica do Paranho realizar uma atividade similar àquela que as de Feira Nova promoveram.