quant
Fique ligado

Edição 432

Crianças da Trofa visitam quartel dos Bombeiros

Publicado

em

 

“Cerca de 60 crianças” visitaram na manhã de sexta-feira, 12 de julho, o quartel dos Bombeiros Voluntários da Trofa.

O quartel dos Bombeiros Voluntários da Trofa (BVT) abriu as suas portas para acolher a visita de “cerca de 60 crianças”, que frequentam as “Férias Desportivas de Verão 2013”, dinamizadas pelo Academia Municipal da Trofa – Aquaplace.

Como usar um extintor para apagar pequenos incêndios foi uma das lições dadas às crianças, que “gostaram de participar e presenciar as atividades desenvolvidas”.

O comandante dos BVT, Filipe Coutinho, explicou que esta visita foi proposta pelo Aquaplace, com o intuito de “dar a conhecer as instalações e a atividade do corpo dos Bombeiros”. Filipe Coutinho aceitou com agrado esta sugestão, tendo sido dinamizadas “várias atividades ao nível de saúde e incêndios”, para que as crianças tivessem “conhecimento” da atividade do quartel.

Para o comandante é de “louvar” este tipo de iniciativas, pois além de “manterem as crianças ocupadas”, também “dão a conhecer a atividade dos bombeiros”.

Recorde-se que, desde o dia 1 até 26 de julho, o Aquaplace está a dinamizar as “Férias Desportivas de Verão”, desenvolvendo “uma série de atividades” para manter ocupados os tempos livres dos jovens trofenses, entre os seis e 15 anos de idade. Durante este período, a organização propôs “muitas atividades desde desportos radicais, jogos de rua, parques aquáticos, desportos de natureza, ateliês de artesanato, entre muitas surpresas”.

Publicidade
Continuar a ler...
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Edição 432

António Azevedo, presidente da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado, em entrevista

Publicado

em

Por

 

 “Sem apoio da Câmara da Trofa, conseguimos requalificar a Casa Mortuária e pavimentar várias ruas”

Liderou durante 12 anos a freguesia de Santiago de Bougado e nas próximas eleições deixa “um valor patrimonial imenso”. Só não conseguirá construir a obra que serviu de bandeira política: o Centro de Dia. António Azevedo diz que “há dinheiro” para a empreitada, mas acusa autarquia de “discriminação”.

O Notícias da Trofa (NT): Como avalia o mandato que está prestes a completar, assim como toda a sua estadia na Junta de Freguesia de Santiago de Bougado?

António Azevedo (AA): Sobre a “avaliação deste mandato”, direi que foi um misto de uma vontade e de uma luta enorme por parte da Junta de Freguesia de Santiago de Bougado de construir a Casa Mortuária, Centro de Dia e alguns arruamentos e uma vontade clara por parte da Câmara Municipal da Trofa, na pessoa da senhora presidente Joana Lima, para que nada fosse feito na freguesia de Santiago de Bougado. Mesmo assim, e sem apoio nenhum da Câmara da Trofa, ainda conseguimos requalificar a Casa Mortuária e pavimentar várias ruas…

Em relação à “avaliação a toda a sua estadia na Junta de Freguesia”, permita-me que sejam os bougadenses a avaliar o nosso trabalho de 12 anos, não a nossa estadia, pois a Junta de Freguesia nunca foi para nós um local de férias.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

Publicidade
Continuar a ler...

Edição 432

Seniores divertem-se nas colónias balneares

Publicado

em

Por

colonias-balneares-seniores

 colonias-balneares-seniores

Executivo camarário visitou seniores que participaram na primeira quinzena das colónias balneares, na Praia do Leixão, na Póvoa de Varzim. 

“Hoje vai haver pagode”, afirmava Maria Irene Sousa, batendo numa pandeireta, quando avistou o executivo camarário chegar perto da barraca onde estava sentada junto das companheiras de praia. Despachada, a mulher de S. Romão do Coronado lá explicou o sentido da afirmação: “Somos pobres, mas alegres e estamos aqui quase de graça, ainda melhor”.

Maria Irene lá confessou que as colónias balneares servem para muito mais do que para meros banhos de sol e de mar: “Eu quase que nem entro na praia. Começo a volta com o pequeno-almoço e depois vou à missa. Depois vamos ao peixe ou comprar alguma coisa que precisámos e depois vamos embora todas contentes”.

Leia a reportagem completa na edição desta semana d’ O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.

Continuar a ler...

Edição Papel

Comer sem sair de casa?

Facebook

Farmácia de serviço

 

arquivo

Neste dia foi notícia...

Ver mais...

Covid-19

Pode ler também