A partir deste sábado, 6 de setembro, a Academia de Futebol da Louseira, situada em S. Martinho de Bougado, vai dispor de uma escola de futebol, que se apresenta com “um conceito diferente de ensino e partilha”.

Team 7 é o nome da nova escola de futebol que está a ser criada na Academia de Futebol da Louseira. A escola destina-se a jovens dos seis aos 14 anos, independentemente do género. As atividades começam já este sábado, entre as 9.30 e as 12.30 horas.

Segundo um dos responsáveis, José António Costa, com esta escola de futebol pretende-se “um conceito diferente de ensino e partilha, em que todas as crianças e jovens tenham a oportunidade de praticar desporto, nomeadamente de futebol”, em “competição muito formal”. “É um conceito mais familiar em que pretendemos a formação cívica, da educação como pessoa, e, claro, vamos ter alguma competição, mas fugindo muito à competição que os clubes pretendem, em que só querem mesmo os melhores. Nós pretendemos que todos tenham a mesma oportunidade de prática, de convívio salutar, dentro da amizade, num conceito muito familiar”, explicou.

A Team 7 vai estar inscrita numa “liga de escolas de futebol em que o objetivo principal seja a participação e não tanto a competição e o ganhar a todo o custo”, tentando ainda fazer “competição com outras escolas conhecidas e convívios, para que os alunos se conheçam”, sem ser “só dentro do nosso concelho e da Maia”.

José António Costa denotou que a Team 7 se “diferencia de todas as outras escolas” de futebol pelo “conceito familiar” e por “todas as crianças, quer masculino, quer feminino, tenham oportunidade de prática de futebol”.

A Escola de Futebol vai funcionar entre setembro e julho, estando neste momento a decorrer as inscrições. As atividades da escola serão “só ao sábado de manhã”, porque os responsáveis têm “a perfeita noção que durante a semana e ao fim do dia” os jovens têm “atividades das escolas ou outro tipo de atividades”. “Uma das nossas vertentes não será só a prática do futebol, mas alia-la a outro tipo de situações, como, por exemplo, levar um nutricionista à nossa escola para falar com os alunos e com os pais, levar um psicólogo para falar sobre alguns temas que preocupam muito esta geração ou outro tipo de pessoas que possam transmitir algumas experiências que enriqueçam a formação de crianças e jovens”, adiantou.

Para mais informações, pode contactar José Costa (966 743 767) ou António Santos (939 474 713).