Iniciados do Centro Recreativo de Bougado garantiram a subida de divisão, na manhã de domingo.

“Um momento muito feliz”. Foi desta forma que Marquinho, capitão da equipa de iniciados do Centro Recreativo de Bougado (CRB), descreveu o sentimento do grupo depois de garantida a subida de divisão. Na manhã de domingo, a formação disputou a última jornada da série 2 da 2ª Divisão distrital, diante do Retorta, na qual a derrota era proibida, sob pena de poder pôr em causa a vice-liderança, que dava acesso à subida.

Apesar de um início tremido, devido à ansiedade, a equipa acabou por triunfar por 5-2, terminando da melhor maneira uma época de estreia no escalão. O CRB terminou em 2º lugar, com 59 pontos, menos três que o campeão, Magrelos.

Olhando para trás, é notória a recuperação do CRB. Se as primeiras jornadas foram preenchidas de maus resultados, colocando mesmo a equipa nos últimos lugares, a segunda volta foi digna de registo, com 12 vitórias e um empate. Se divididas as voltas, o CRB ocupava o 7º no final da primeira e acabava em 1º no fim da segunda. O segredo para a recuperação esteve “nos treinos” e na “mudança de tática”, explicou Marquinho.

O treinador, Tiago Portela, ofereceu os louros da conquista aos jogadores: “Eles merecem isto tudo. Eles acreditaram sempre e foram os responsáveis por esta subida”.

O técnico recordou o início conturbado, que dá ainda mais sabor à subida de divisão. “Foi uma recuperação muito grande. Estou muito feliz”, confessou.

Para a próxima época, o CRB estará na 1ª Divisão distrital de iniciados, no entanto, apenas “metade” dos jogadores fará parte da equipa, uma vez que os outros sobem de escalão. Para lhes permitir a progressão, o clube está a preparar uma equipa de juvenis para federar. Os projetos são ambiciosos, até porque, como referiu, “o CRB vive em dificuldades”. “Pusemos o piso e queremos levar os jogos para o nosso pavilhão”, afiançou. Esta temporada, a equipa disputou os jogos em casa no pavilhão desportivo da Escola Básica e Secundária do Coronado e Covelas.

Outro dos anseios dos responsáveis da coletividade é “começar a trabalhar” com camadas ainda mais jovens, porque “a formação é fundamental no futsal”, concluiu.

Apesar de não serem em grande número, os adeptos – essencialmente pais dos atletas – prepararam uma festa digna de um clube de topo, lançando foguetes para felicitar os atletas.

ARD Coronado goleia
Na mesma série, a Associação Recreativa e Desportiva do Coronado goleou o Penafiel por 4-0, garantindo o 4º lugar, com 50 pontos.

Já os seniores da Associação Recreativa Juventude do Muro terminaram a série 1 da 1ª Divisão distrital com uma vitória diante o Silva Escura por 2-3, assegurando o 10º posto, com 38 pontos.