Foi com uma grande magueirada que oito dos dez estagiários foram batizados, no domingo, depois de terem participado num simulacro de acidente de viação com vitimas encarceradas. Os dez operacionais passam agora a bombeiros, tendo ainda pela frente mais seis meses de estagio para receber as divisas de bombeiros de 3ª.

De acordo com Filipe Coutinho, comandante em exercício da corporação da Trofa “esta promoção terminou com um exame distrital, que se realizou em Coimbrões, é foi culminar de uma formação que estes estagiários fizeram com a duração de aproximadamente 370 horas. Ainda estão sujeitos a um estágio de seis meses e só depois é que vão receber as divisas de terceira”.

Ainda de acordo com Filipe Coutinho “o estágio tem a finalidade de aperfeiçoar técnicas e conhecimentos, porque de resto, estes homens, como tiveram formação, ganharam conhecimento e agora vão pôr em prática os desconhecimentos adquiridos ao longo da formação”.

Dos dez novos elementos, cinco homens e cinco mulheres, um é licenciado e são todos pessoas com competências. Em setembro abrira novo período de formação para uma nova escola de Bombeiros.

Joao Pedro Goulart passa a Oficial de Bombeiro de Segunda

O ex-comandante da Corporação da Trofa, João Pedro Goulart foi reclassificado na carreira de bombeiro tendo passado da categoria de Sub-chefe a Oficial de Bombeiro de Segunda. A reclassificação foi dada a conhecer esta semana mas tem efeitos desde o dia 10 de julho deste ano e foi levada a cabo após o bombeiro ter concluído a sua licenciatura assim como a formação para Oficial de Bombeiro de Segunda com aprovação. Filipe Coutinho adiantou que João Pedro Goulart “prestou provas há um mês em Sintra e chegou ontem (quarta-feira) o despacho com a nota final e que tinha ingressado no quadro de oficiais”.

João Pedro Goulart é assim o terceiro Bombeiro da Trofa a obter a classificação de Oficial de Bombeiro de Segunda passando a ser o quinto elemento na hierarquia do Corpo de Bombeiros.