Foram aprovados os novos elementos heráldicos da união de freguesias do Coronado (S. Romão e S. Mamede).

A Assembleia de Freguesia, que reuniu na terça-feira, foi unânime na aprovação do parecer da Associação dos Arqueólogos Portugueses que, à luz da lei da reforma administrativa, apresentou um novo brasão e bandeira para o Coronado.

No listel do novo brasão estará escrito “União de Freguesias do Coronado (São Romão e São Mamede), enquanto a coroa mural será composta por quatro torres, uma vez que a vila foi criada pela lei 82/97, publicada em Diário da República a 24 de julho de 1997.

No centro do brasão pode ver-se uma imagem do Chefe de Veiros, representativa dos “Mendes da Maia”, senhores das Terras da Maia à qual o Coronado fez parte. O maço e a goiva representam os tradicionais santeiros que fazem as esculturas de arte sacra, reconhecidas a nível nacional e internacional. De cada lado destes elementos surgem os perfis de caminho de ferro, também símbolo da Vila, e por fim as burelas ondadas, que representam o Rio Gondã e o Rio Ave.

Leia a reportagem completa na edição nº 491 do jornal O Notícias da Trofa, disponível num  quiosque perto de si ou por PDF.